41 Comentários

Hoje é o dia mundial do Nerd / Dia da Toalha

NERD TOPO

Como e porquê? Continue lendo a seguir para entender a data de hoje.

Se você não sabe, ou não te disseram, caro liso, saiba que hoje é uma data muito especial. Hoje, 25 de Maio, comemora-se o Dia do Orgulho Nerd.  Isso porque nesta data, ocorreu a première do primeiro filme da série Star Wars, em 1977. Mas porque especificamente Star Wars?

1977Chinese

Foto da premiére no Chinese Theatre: Inesquecível para quem compareceu

Porque apesar de quadrinhos, livros e séries de TV existirem desde os anos 40, é justo lembrar que foi com a saga de George Lucas que o universo dos nerds tornou-se algo culturalmente (e proporcionalmente) mundial. E assim, desde 2006, na Espanha, a data é comemorada.

1148596810_0

O espanhol Buebo, um dos organizadores do evento

Para celebrar esta primeira edição, eles criaram um manifesto, que consistia  nos direitos e deveres dos nerds. São direitos dos nerds:

1. O direito de ser ainda mais nerd.
2. O direito de não sair de casa.
3. O direto de não ter um par romântico e de ser virgem.
4. O direito de não gostar de futebol ou de qualquer outro esporte.
5. O direito de se associar a outros nerds.
6. O direito de ter poucos (ou nenhum) amigo.
7. O direito de ter tantos amigos nerds quanto quiser.
8. O direito de não ter que estar “no estilo”.
9. O direito ao sobrepeso (ou subpeso) e de ter problemas de vista.
10. O direito de expressar sua nerdice.
11. O direito de dominar o mundo.

São Deveres dos nerds:

1. Ser nerd, não importa o quê.
2. Tentar ser mais nerd do que qualquer um.
3. Se há uma discussão sobre um assunto nerd, você tem que dar sua opinião.
4. Guardar todo e qualquer objeto nerd que você tenha.
5. Fazer todo o possível para exibir seus objetos nerds como se fosse um “museu da nerdice”.
6. Não ser um nerd genérico. Você tem que ser especialista em algo.
7. Assistir a qualquer filme nerd na noite de estréia e comprar qualquer livro nerd antes de todo mundo.
8. Esperar na fila em toda noite de estréia. Se puder ir fantasiado, ou pelo menos com uma camisa relacionada ao tema, melhor ainda.
9. Não perder seu tempo em nada que não seja relacionado à nerdice.
10. Tentar dominar o mundo!

O dia 25 de maio também é o Dia da Toalha, em homenagem ao escritor Douglas Adams, autor de o Guia do Mochileiros das Galáxias. Lembrem-se sempre de ter uma toalha em mãos, sacaram?

ads_mochileiro_galaxias

Segue uma breve descrição wikipediana sobre a importância da toalha abordada no livro:

“A ficção de O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams, descreve uma toalha (do tipo usado para se enxugar) como uma das coisas mais úteis para um Mochileiro das Galáxias. Pode ser usada para se proteger do frio, da chuva, ser amarrada na forma de venda nos olhos no caso de precisar evitar olhar para algo, como uma grande altura ou uma Terrível Besta de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); pode também ser usada para evitar contato com o chão durante a noite, caso queira ou precise dormir ao relento e pode ser usada para se secar após um banho se estiver seca e limpa o suficiente.”

A maior concentração em 2006 aconteceu em Madri, com cerca de 300 pessoas no mesmo local, com direito até a um Pac-Man humano:

Em 2007 a celebração contou com mais ajuda de instituições oficiais (como o Circo Price, de Madri) e teve comemoração mais ampla por toda a Espanha. Atividades oficiais foram anunciadas no Pilar de la Horadada, Cádiz, Huesca, Calaf, Huelva, e Valência. Houve uma campanha Doação de Sangue Nerd. Entre outros atos, foi exibido o filme Gritos no corredor.

No ano seguinte, a data foi comemorada oficialmente na América, onde foi divulgado por numerosos blogueiros, unidos pelo lançamento do site GeekPrideDay.

E aqui no Brasil? Muitos sites postam comemorações e programas de TV mencionam a data, afinal é o dia deles. Mas não sei se é válido comemorar algo. O nome “nerd” surgiu mais ou menos no meio dos anos 70, para definir a figura do estudante CDF. Isso dá a entender que todo nerd é brilhante e extremamente estudioso. Eu, pelo menos, nunca fui, ou nunca me considerei inteligente, sempre fiquei devendo em matérias como matémática, ou qualquer uma que envolvesse cálculos. Sempre preferi matérias como história e geografia.

A figura nerd, nos EUA, coincidentemente ou não, também era grande admirador de quadrinhos e coisas do gênero sci-fi, e se há um coisa que sempre foi mostrado em filmes e séries foi como esse tipo de pessoa era (ou é) perseguida pelos chamados normais. A seguir, um dos exemplos mais lembrados disso:

E eu sou um caso de nerd perseguido. Posso citar dois casos: Aos 14 anos, no colégio que estudava no Rio de Janeiro, eu era criticado por ler HQs nos intervalos, ainda me lembro de um moleque grandalhão berrando para os outros: “Fala sério, o cara fica lendo gibizinho de ”ecsi-men”. Ou na faculdade, quando um cara da minha classe no curso de Artes Visuais pegou um card de Star Wars 3-D das minhas mãos que uma moça (também da minha classe) tinha acabado de me dar. Ele ficou me encarando (assim como a sala toda, ele sabia que eu era fã ardoroso de SW) e me perguntou: “Cara, o que tu ganha com isso? No que isso vai te fazer evoluir?”, e eu nada pude responder, diante da estupidez daquele comentário, e nem vou me atrever a reproduzir aqui a barbaridade que o outro cara, sentado do lado dele, disse a respeito de mim em relação à figura do Mestre Yoda.

A verdade é que, apesar de serem numerosos e de grande importância em nosso mundo (afinal, como dizem, o presidente da chamada mais poderosa nação do mundo é nerd), a cultura nerd em si ainda é vista como uma subcultura, ou pior, uma cultura inferior, até mesmo à cultura do Axé, ou dos fanáticos por Futebol. Um exemplo que é sempre citado é o fato de ninguém criticar quando alguém veste uma camisa de abadá, ou uma camisa de time de futebol, com a cara pintada nas cores do mesmo time, todo mundo acha normal, e até acha bonito.

gotenst1

Goten: Vítima de visões limitadas

Agora, a coisa muda de figura se o cidadão veste uma camisa com Spock, ou se veste de Cavaleiro Jedi, ou faz cosplay de Goku para um evento temático (mesmo estando no contexto da coisa toda). Eu já presenciei, e já senti na pele o preconceito que se manifesta contra as pessoas que são adeptas desta cultura. Sim, cultura, lisos! No topo deste site, é o que está escrito, cultura pop! Na faculdade, a mesma em que fui vítima do preconceito porque sou fã de Luke, Léia, Obi-Wan e cia, aprendi que seja um filme de Star Wars, seja a novela das oito ou o mais recente clip da Britney Spears, trata-se de uma manifestação cultural. A grande diferença é que existem aquelas que estão na moda,  e aquelas relegadas em segundo plano ao bel-prazer da mída e da sociedade.

tc

Um exemplo disso é que ningúem (fora do universo nerd), até o ano passado, sabia quem era o Homem de Ferro. Bastou o filme chegar aos cinemas para todo mundo estampar o personagem em cadernos escolares, mochilas, e até  usar camisas e bonés, só para, por assim dizer,“entrar na onda“. Personagens como Batman, Coringa, Homem-Aranha, Hulk, por exemplo, passaram pelo mesmo processo, e assim será com o Capitão América e Thor, quando seus filmes saírem na tela grande.

A mesma sociedade também tem o poder de destruir mitos e talvez, o maior exemplo recente disso é o Homem Aranha. Sim, o cabeça-de-teia foi alvo de chacota por causa do equivocado terceiro filme, e por conta de suas dancinhas e trejeitos, virou sinônimo de piadas e sinônimo de… bem… delicadeza, se é que me entendem.

Exemplo de como o Aranha ficou visto após o terceiro filme

Exemplo de como o Aranha ficou visto após o terceiro filme

Então, eu pergunto: Será que existe algo para se comemorar? Se a chamada cultura pop (nerd) quase nunca recebe o merecido respeito por parte da outra parte da sociedade que mal a conhece e a julga tão mal (exceto quando convém), qual a importância desse dia? Talvez exista algo para comemorar, e poderia ser o fato de que somos muitos, pensamos igualmente, mesmo que nem sempre racionalmente, pois às vezes nos subdividimos em grupos e nos atacamos. Mas o sentimento de respeito com o que gostamos e respeitamos é o mesmo.

Então seja você leitor de quadrinhos, Harry Potter , Jedi, Trekker, Xcer, Otaku, Babylon 5, filmes e desenhos dos anos 80, Chespirito, saiba que você não está sozinho. Você faz parte de um grande grupo e enquanto pessoas como você existirem e apreciarem, esse mundo está salvo da incmpreensão. E todos vocês, sem excecção, são bem vindos a este e a todos os sites que respiram cultura pop. Ser nerd, na minha humilde e sincera opinião,  não é ser super- inteligente ou fanático por cultura pop, é saber viver isso em harmonia com outros fãs, como nós.

2913509582_6fb204137d_o

Um feliz dia para todos os nerds do mundo, vamos transformar e avançar, “Namariê” uma vida longa e próspera, que a Força esteja com vocês, porque a verdade está lá fora, e não volto atrás do que digo,  anunciando o  malfeito, desfeito.  Continuem lendo o 100Grana e até a próxima notícia .

About these ads

41 comentários em “Hoje é o dia mundial do Nerd / Dia da Toalha

  1. Parabéns pelo texto.

  2. Ser nerd é uma coisa muito boa! pode nao me fazer evoluir em nada como disse o colega do autor, mas é o q eu gosto, então tá valendo! VIVA O DIA DO ORGULHO NERD!

  3. deu orgulho de ser nerd fã do 100 grana agora

  4. Parabéns, ta muito bacana.
    Que as pessoas vejam que ser Nerd é um estilo de vida não uma modinha.

    Abçs

  5. Nooooooooooooossa, Sérgio, tô emocionada com esse teu texto (até lagrimei, olha só) … também já cheguei a ser uma vítima do furioso preconceito que ainda sofremos nesse país, mas como “brasileiro não desiste nunca”, nunca deixei isso me abalar e nunca reneguei nada do que eu gosto, e graças à isso, e ao universo sempre conspirando a favor, tive a honra de conhecer e hoje eu sei que posso chamar de AMIGOS pessoas maravilhosas como você, o Vini, o Dan, o Diego, o Brunno, e todos os outros que estão na minha vida, com muito orgulho. Feliz dia do Orgulho Nerd!

  6. Adorei o texto! Senti-me orgulhosa, embora me ache uma nerd “do paraguai”. rsrs
    Que a Força esteja com você!” E um pouco de paciência também! rs

  7. “We are the neeeeeerds…. we are the childreeeeen…”

  8. Eu sempre fui fanatico por quadrinhos,desenhos animados,tokusatsus,filmes,action figures e games.
    Mais tambem sou torcedor fanatico do fluminense,jogo pelada,nunca tive dificuldade com mulheres,pelo contrario,sempre tive uma vida social bastante ativa.
    Mais faço questao de sair com minhas camisetas nerds e levantar a bandeira nerd com muito orgulho.
    melhor sustentar esses vicios do que gastar com alcool ou drogas.

  9. “pode nao me fazer evoluir em nada como disse o colega do autor”

    Mas a gente evoluiu sim! Eu evoluí pra uma criatura que NÃO discrimina o gosto das pessoas ao ponto de querer humilhá-las em público.
    Eu, por exemplo, detesto a FIFA, a CBF, axé, pagode, sertanejo e tecnobrega mas não vou ficar ridicularizando quem curte. Até porque seria redundância.[sarcasmo mode off]

    Hoje, acredito eu, que seja também um dia para se pensar em tolerância, inclusive, como o Sérgio disse, entre grupos de nerds e principalmente, entre os Fanboys exagerados. Take it easy, brothers.

    Gostar de uma coisa não necessariamente significa odiar outra. Aceite ou pelo menos não entre em sério conflito com quem não concorda com você. Divirta-se, não brigue.

  10. Parabéns para todos nós…só não gostei do direitos e deveres…nada aver

  11. “NEEEEERRDS, WHAT’S YOUR JOOOB!!!” AAAAAAHHHHUUUUU…coffcoffcoff…
    Vamos dominar o mundo aos poucos! Já temos um dia próprio para comemorações, o próximo passo é transforma-lo em feriado e depois fundar nosso próprio país.
    A constituição já existe e está nesse post!

  12. Os mandamentos são opcionais, né?
    Eu dispenso o terceiro direito.

  13. “Os mandamentos são opcionais, né?
    Eu dispenso o terceiro direito.”

    É um direito seu, mas não necessáriamente vc precisa usar hahahah. Mas rapaz longe de mim renegar minha cultura nerd, quando eu escrevi:

    “pode nao me fazer evoluir em nada como disse o colega do autor”

    É pq eu sou fã de algumas culturas inúteis q são REALMENTE inúteis, tal como coisas “importantes” q eu aprendi na faculdade ou no colegio q tb não me fazem evoluir em nada. E concordo com vc quanto ao nosso aprendizado de ser tolerante, realmente muitos aspectos da cultura nerd ensinam isso.

    Enfim, nerd rocks! Fico feliz de não ser pagodeiro, de não ficar horas malhando na academia, de preferir meu videogame a um esporte muitas vezes e principalmente de apreciar coisas boas como HQs, Animes, Sci-fi (mesmo quando tenho q trocar o filme novo do exterminador do futuro por um filme cult com a namorada), Star Wars e tudo q é nerd nesse mundo.

  14. Perfeito. Clap, clap, clap.

  15. ahhh que fofo! :D

    onde será q o tr00l da faculdade está hj, hein!?

  16. Deve estar escondido em sua caverna com medo dos nerds e sua “cultura inútil”.

  17. Entendo o texto, mas com esses direitos e deveres pedir pra não ser aloprado é cretinagem !

  18. Parabéns pelo texto.

  19. Nunca seremos respeitados se não nos impormos…
    o que temos que pensar é que somos superiores e os não-nerds é que são nojentos e sem vida…

  20. Parabéns pelo texto, ficou muito bom mesmo!
    e claro também parabéns a todos nós Nerds xD

  21. Cara, meus parabens pelo texto. Muitissimo bem escrito, ideias muito claras e sucintas. Mudou ate mesmo a nocao de nerd, que eu como nerd tinha.

  22. Gostei muito do texto, parabéns ae cara.

  23. wow! muito bom o texto Sergio!

    e sim, ser nerd é legal… afinal, não saberiamos viver de outra forma, não? xP

    eh feliz dia da Toalha tbm xP

    SEE YOU SPACECOWBOY…

  24. wow! muito bom o texto Sergio!

    e sim, ser nerd é legal… afinal, não saberiamos viver de outra forma, não é? xP

    eh feliz dia da Toalha tbm xP

    SEE YOU SPACECOWBOY…

  25. A verdade é que o povo não sabe se enxergar. QUALQUER UM tem um porco de nerd dentro de si, seja por gostar de hqs, star wars, séries de tv, enfim, tdos tem manias e um certo fanitismo por certas coisas. O nerd é classificado como tal pois expressa seu fanatismo na cultura pop, que sofre preconceito mesmo que essa seja apreciado por todos, sem excessão. O grande problema é que quem expresse seu fanatismo a favor de esportes ou músicasnão sofre preconceito pois a sociedade o considera como NORMAL. O que é normal pra nossa sociedade? Esse conceito parece muito estranho pois aquela pessoa que gosta de Star Trek sofre preconceito, mas aquele que gosta de harry potter não!!! E isso tudo só porque Harry Potter está na “moda”. E isso se repetirá. Daqui a alguns anos, quem assumir que gosta de hrry potter será esculhchado e o elemento da maldita “moda” será normal. Estranho não?

    Seus comentários, Sérgio, foram muito inteligentes, mas discurdo em um ponto de seu relato. O nerdo TEM sim que demonstrar seu orgulho! Sim, pois por menor que seja seu “grau de nerdice” este tem que expressar o que gosta e ser uma pessoa autêntica e não escondido atrás de “modinhas” estúpidas. O orgulho nerd, é como o orgulho gay, orgulho negro, entre outras manifestações que são descriminadas pro suas atitudes ou por simples conveciência. Não vejo esse movimento como comemoração, nemmuito menos com finalidade de chamar atenção para a causa nerd. Vejo esse movimento como uma simples manifestação a favor do que gostamos, assim como torcidas de futebol e fãs de músicas de axé fazem

    Abraços a todos!

  26. Eu desobedeci o direito número 3… Mas continuo Nerd!

    o 100Grana também recomenda outro ótimo texto sobre o que é ser um nerd:

    Diretamente do site thahy.com

    http://thahy.com/rir-e-o-melhor-remedio/saindo-do-armario/

    Para comemorar, é claro, comprei um quadrinho novo hoje.

    Lanterna Verde.

    Afinal, é a “força de vontade” que nos une e mantem nessa vida doida de nerd.

  27. [...] mas recomendo a leitura do texto Nerds vs. Descolados – O Sucesso no Controle Remoto e do texto Hoje é o dia mundial do Nerd / Dia da Toalha no [...]

  28. Lindo o texto! Emocionante mesmo…(…) Chega bateu uma vontade de dominar o mundo…

  29. Lindo texto Sérgio. Realmente Nerdásticamente inspirado!!! =D

    E Viva o orgulho nerd! Que a força esteja com todos vcs durante suas vidas longas e prósperas!

    o/

  30. João Vitor disse tudo! Temos q ter orgulho mesmo, e nao importa o q os não nerds dizem, a gente faz o q gosta e tem mais q ter orgulho mesmo!

    Quanto ao Fantástico, eu acho q eles ainda tem crédito por ter feito o mesmo q fizeram com a gente com os EMOs. Pior q eu nem vi o programa, não sei o q foi falado, provavelmente foi besteira.

  31. Assim como luizarmando88 disse eles tem medo da nossa “cultura inutil”, ou seja, somos mais legais q eles, mais inteligentes q eles, conseguimos nos divertir sem beber, sem ter q gastar 200 reais numa noite… Aí qq eles fazem? Liberam a agressividade, mesmo q seja por meio do Fantástico ou outras midias toscas

  32. Nhá.. eu sou chegada em um nerd… ^^

  33. Eu desobedeci o direito 3 e 4 !!!

  34. Cara, Sérgio, caiu uma lágrima de emoção enquanto eu lia esse texto aqui…
    Sò queria acrescentar uma coisa: essas “datas comemorativas” são boas pra trazer a mente das pessoas os interesses de uma “parcela excluída” da população (como negros, homossexuais, mulheres, etc..), mas acho que a partir do momento que ela vira baderna pra se mostrar e tentar se afirmar sobre os outros vira palhaçada.

    Parada gay virou isso… pura baderna pra escandalizar.

    A gente não precisa de um “Dia de Nerd” pra estufar o peito e dizer: “Eu sou Nerd, vai encarar?” Temos que simplesmente ser o que somos com orgulho todos os dias e não deixar ninguém nos fazer sentir diminuídos por ser o que somos.
    É viver todo dia feliz e com orgulho próprio. O dia que isso acontecer, não só pros Nerds, mas todas as “camadas oprimidas” culturalmente, o mundo vai ser bem melhor. Então façamos a nossa parte né???

    OBS final: violei terminantemente o direito 3!! XDDD
    Hey, hoje em dia esse direito já ta defasado, viu?? Ja viu a quantidade de mulher Nerd atualmente??? :p Nós estamos ganhando nosso espaço!!! /o/
    Igualdade de gêneros no mundo Nerd! \o/

  35. DEVERES DO NERD
    6. Não ser um nerd genérico. Você tem que ser especialista em algo.

    Ahhhh … não sou sou nerd …
    Mas curto de tudo nerd … tanto é q as vezes falta tempo para acimilar tanta informação …

  36. Muito bom o post….Eu acrescentaria seguinte :

    42′

    Mochileiro das galáxias…

    não?
    hehehe

    parabens

  37. [...] casa exatamente com o que escrevi no Dia do Orgulho Nerd: Só se convém valorizar, não apenas o RPG, ou a cultura pop em geral quando é moda, mas se [...]

  38. Viva o dia da toalha. Douglas Adams é o cara. Queria ter conversado 10 minutos com ele.

  39. [...] no ano passado o meu discurso foi mais agressivo, meio politizado, esse ano eu quis fazer algo mais leve e [...]

  40. Nerds Rule The World!

  41. […] e isso porque eu peguei leve no exemplo. Preconceito com o público nerd sempre existiu (leiam este antigo post meu, permanece atual), e sempre vai existir no fim das contas, não importa o quanto ser nerd esteja na […]

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.850 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: