11 Comentários

O Poder de um Jovem… de fazer o mundo dar voltas

Quem diria que um filme tão despretensioso fizesse tanto barulho?

Por Sérgio Mentorbreak Fiore

Hoje é mais um dia de ver o mundo dando voltas, liso.Vamos voltar 15 anos no tempo, e lembrar de um filme chamado O Poder de um Jovem (The Power Of One, 1992), baseado no livro de Bryce Courtenay.

O filme foi dirigido Por John G. Avildsen, que ficou conhecido pela direção de Rocky-Um Lutador, e uma das trilogias ícones dos anos 80, Karate Kid. A história é a seguinte:Na África do Sul, em pleno período da Segunda Guerra Mundial e em pleno Apartheid, um orfão aterrorizado pela crença política de sua família, o pequeno PK, procura ajuda em seu único amigo: um gentil e experiente prisioneiro, que o ensina a lutar boxe. O pequeno quando é esperto vence o grande, diz o prisioneiro. Primeiro com a cabeça, depois com o coração. Vivendo por essas palavras, PK amadurece lutando com os seus punhos e com o coração. Ele abala o sistema e as injustiças a sua volta e descobre que uma pessoa realmente pode fazer diferença.

Mas o elenco é que chama atenção. Alguns são velhos conhecidos. No papel do protagonista está o ator Stephen Dorff, que foi o Stuart Stucliffe um ano depois no filme Backbeat-Os Cinco Rapazes de Liverpool, e seis anos depois seria o vilão Deacon Frost no primeiro filme do Blade.

 

 

Geel Piet, o gentil escravo que ensina à PK os segredos do Boxe, é interpretado por Morgan Freeman, que já na época era famosíssimo, pois estrelaria também Os Imperdoáveis, com Clint Eastwood. E falar dos muitos filmes que ele estrelou seria estender-se demais, mas basta nós nos lembrar-mos do simpático gênio Lucius Fox, de Batman Begins.

Outro importante membro do elenco é o professor de PK na adolescência, interpretado pelo saudoso Sir John Gieguld, ator shakesperiano que participou de vários filmes, mas para mim seu papel memorável foi o do simpático mordomo Robson,em Arthur- O Milionário Sedutor,papel que lhe valeu o Oscar de Coadjuvante, em 1982. Filme estrelado pelo também saudoso Dudley Moore.

Todo protagonista tem um interesse amoroso, certo? Lógico.No caso deste filme , aqui temos Maria, uma moça de família(clichê 1) tímida e recatada (clichê 2), e que namora PK às escondidas (clichê 3). Ela é interpretada por Fay Masterson, que anos mais tarde, faria filmes em que toda essa postura recatada ia por água abaixo como Sorted e De Olhos Bem Fechados, o último de Stanley Kubrick.

Agora, a mais importante descoberta do cast. Um dos vilões do filme é o Sargento Jaape Botha, que persegue PK desde a infância e é um fervoroso oficial Nazista a favor do Apartheid, e que depois de crescido, causará muitos problemas aos mocinhos do filme. Botha é interpretado por um desconhecido Daniel Craig, o atual Agente 007 nos cinemas.Com todo o mérito de sua atuação, ele conseguia fazer qualquer um ter ódio mortal dele.

Pelo menos agora ele é mocinho. Bruto, mas é hehehehe. Até a próxima, liso.

Anúncios

11 comentários em “O Poder de um Jovem… de fazer o mundo dar voltas

  1. […] Portão 1 (1987), mas por um bom tempo ainda continuou fazendo filmes para TV até 1991. Em O poder de Um jovem, Dorff teve a oportunidade de provar seu talento no papel de um menino branco lutador de boxe que […]

  2. Valeu, viajei no passado. Estava procurando o filme, mas para começar precisava do nome… coloquei algumas palavras na internet e abriu esta página. Gostei das curiosidades que não me lembrava e nem as tinha feito conexão com os atuais filmes de agora… Parabéns!

  3. eu assisti esse filme esta semana, realmente tocante. eu gostei muito, um filme muito bom e com cenas muitto fortes

  4. Gostei mt do filme que assistiria várias vzes!

  5. ESSE FILME É INESQUECIVÉL

  6. amei este filme,muito emocionante´fiz um trabalho de escola sobre este filme
    foi muito aprendi muito….

  7. ESSE FILME MARCOU MINHA HISTÓRIA NA ESCOLA: FOI A PRIMEIRA VEZ, QUE NUM AUDITÓRIO LOTADO DE ALUNOS DO 2° E 3º ANO DO ENSINO MÉDIO, NÃO HOUVE CONVERSINHAS, APENAS ATENÇÃO TOTAL ÀS CENAS… IMPRESSIONANTE.
    AO FINAL DO FILME, TODOS APLAUDIRAM DE PÉ, EMOCIONADOS, É CLARO!!
    ATÉ HOJE, NÃO ESQUEÇO DISSO, FOI MUITO MARCANTE!!

  8. Este filme é muito lindo e interessante, pois alem de ser um filme muito bonito nos mostra como o amor de um jovem pelas pessoas ajudou tanta gente………o jovem não se preocupou com a cor da pele, origem, ou religião só queria ajudar ………… este com certeza é um filme que eu assistiria de novo

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: