7 Comentários

Filmes da semana na TV Aberta: Jason, Robin e as gêmeas

Vamos , lá, lisos! Esperança é a última que morre. Vejamos o que a tevê “gratuita” reserva a nós que não gostamos de Big Brother, Faustão, programa do Didi e outras mazelas.

Por Vinicius Passos e Diego “Sinuhe”

  • Segunda, 03/03

Todo Poderoso, Globo, 15h50 Bruce Almighty. EUA, 2003, cor, 101 min. Comédia. Direção: Tom Shadyac. Com Jim Carrey, Jennifer Aniston, Morgan Freeman. Bruce Nolan é um jornalista com um bom emprego na televisão e uma bela namorada, Grace. Em um acesso de fúria, ele começa a questionar Deus e seu modo de fazer tudo funcionar. O próprio “Todo Poderoso” desce à Terra como um homem comum e lhe entregua o poder de comandar o planeta da forma como desejar durante um dia. Bruce percebe como é difícil ser Deus e tomar conta de todo mundo.

.
Ótima idéia, bons atores, execução decepcionante. Ansiosamente esperei por esse filme quando estava em produção. Infelizmente, não valeu à pena, principalmente pelo final boboca. Haviam tantas possibilidades… tudo pro lixo. Morgan Freeman tem cara de Deus, mas não deu jeito.

Mansão Mal-Assombrada, Globo, 22h25 The Haunted Mansion. EUA, 2003, cor, 99 min. Comédia. Direção: Rob Minkoff. Com Eddie Murphy, Terence Stamp. O corretor de imóveis Jim e sua mulher, Sara, recebem uma ligação do dono de uma mansão interessado em vendê-la. Sonhando com o melhor negócio de suas vidas, Jim, Sara e os filhos visitam a mansão. Uma tempestade misteriosa deixa a família presa no imóvel com um excêntrico mordomo e vários fantasmas.

Grande expoente da fase de grande inanição criativa pela qual passa a carreira de Eddie Murphy, que levou o Framboesa de Ouro até de pior atriz em 2008, entre outros, por Norbit, que nem nos preocupamos en ver. A última vez que vi coisa boa com ele foi em 2001, com Os Picaretas. Já fazem sete anos, mr. Murphy.

Casseta & Planeta – A Taça do Mundo É Nossa, Globo, 1h35 Brasil, 2003, cor, 90 min. Comédia. Direção: Lula Buarque De Hollanda. Com Bussunda, Helio De La Peña. Durante 30 anos, a verdadeira história do roubo da taça Jules Rimet foi escondida pelos militares. Orquestrado pelo Partido Anarco-Nacionalista-Animalista, o roubo ocorreu em pleno desfile do tricampeonato mundial de futebol, com a taça sendo retirada das mãos dos jogadores que haviam acabado de conquistar o título de campeões do mundo. O grupo passa a sofrer a repressão do regime militar da época, tendo de se esconder em plena selva Amazônica.

Apesar de ter uns e outros trocadilhos infames, a primeira tentativa cinematográfica do Casseta e Planeta é muito bacana. Eles claramente assumiram sua influência do fantástico grupo inglês Monty Python sem fazer parecer imitação. Destaque para a cena do bar “A Longa Noite da Ditadura” e para a eterna Maria Paula, que nao está só de enfeite, mas que limpa a vista que é uma beleza.

A Isca Perfeita, Globo, 3h10 Birthday Girl. EUA, 2002, cor, 120 min. Suspense. Direção: Jez Butterworth. Com Nicole Kidman, Ben Chaplin. Nádia e John se conhecem pela internet e logo começam a namorar através de e-mails. Após marcarem a data do casamento, Nádia, que mora na Rússia, vai até a Inglaterra, onde John trabalha como banqueiro. O que prometia ser um relacionamento perfeito se transforma num jogo perigoso.

Nicole Kidman vale muito à pena, ainda mais às 3 e tanta da matina, liso. O filme, aliás, é bem Supercine. Mulher encontra um cara, se apaixona, descobre que ele é bandido, blábláblá…

  • Terça, 04/03

As Namoradas do Papai, Globo, 15h50 It Takes Two. EUA, 1995, cor, 101 min. Comédia. Direção: Andy Tennant. Com Kirstie Alley, Steve Guttenberg. A filha de um milionário viúvo e uma menina de rua, sósias perfeitas, trocam de lugar provocando uma série de confusões. Juntas, as garotas resolvem promover o romance do pai – noivo de uma moça rica e esnobe – com uma assistente social de bom coração.

Mary-Kate e Ashley Olsen eram duas gêmeas pequeninas, bonitinhas e engraçadinhas. Mas isso faz um teeeempo:

É… Á… Ó… Yes…

Batman Eternamente, SBT, 22h30 Batman Forever. EUA, 1995, cor 90 min. Aventura. Direção: Joel Schumacher. Nicole Kidman, Val Kilmer. Batman precisa enfrentar dois inimigos: Charada e Duas Caras. Além do combate, o herói deve tomar conta da belíssima doutora Chase Meridian e do recém órfão Dick Grayson que, mais tarde, se transformará em Robin, seu companheiro na luta contra o crime.

Para a adaptação de quadrinhos da semana, escolheram Batman Forever, po**a! O começo da derrocada da DC Comics no cinema, que até hoje não conseguiu se recuperar, vide Superman Returns. Batman Gay em formação (ficou totalmente assumido no filme seguinte), Robin Gay e o casal Charada-ultra-gay e Duas-Caras jogando moedinha para decidir se eram ou não. Nicole Kidman, explodindo de gata, se rasgando pra cima do Val Kilmer e NADA. Vá pra p*ta que pariu. Filme ruim pra caramba.

Repare: Aos 2 minutos e 10 do vídeo, Batman dá uma sacada no equipamento do Robin. Vergonhoso é apelido.

Uma Noite em St. Pauli, Cultura, 23h40 Saint Pauli Nacht. Alemanha, 1999. Direção: Sönke Wortmann. Com Ill-young Kim, Benno Fürmanns. Um táxi cruza a cidade de St. Pauli. Dentro do carro estão o motorista, um jovem punk rebelde. Entre uma situação e outra, surge um homem que ameaça a multidão nas ruas com uma arma e que acidentalmente mata o pobre passageiro.

Filme alemão. Sinceridade? Wim Wenders é o que eu conheço e gosto muito. Sério. Ei, tá rindo do quê? Eu sou liso mas tenho cultura. Um pouco. Mas tenho. Ah, vá…

Intercine, Globo, 1h05
Opção 1 – Como Fazer Bebês Maybe Baby. Reino Unido, 2000, cor, 104 min. Comédia Romântica. Direção: Ben Elton. Com Joely Richardson, Matthew Macfadyen. Sam e Lucy formam o casal perfeito. São amáveis, têm carreiras bem sucedidas e se amam. A única coisa que lhes falta é um filho. Para realizar o grande sonho, tentam desde acupuntura até métodos modernos. Quando tudo falha, eles procuram um famoso médico que lhes apresenta uma delirante solução.

Liso e lisa, você tem alguém para chamar de seu? A uma da manhã? Se tiver, você sabe fazer bebês. Desliga a tevê e vai treinar.

O Milagre Veio do Espaço, Globo, 3h Batteries Not Included. EUA, 1987, cor, 106 min. Aventura. Direção: Matthew Robbins. Com Hume Cronyn, Jessica Tandy. Um grupo de inquilinos pobres do sudoeste de Nova Iorque tenta impedir a destruição de suas casas. Eles moram em um prédio que vai ser demolido e não possuem recursos para evitar a derrubada do edifício. O grupo fica encantado quando alguns “visitantes do espaço” aparecem para ajudá-los.

Recordista clássico absoluto da Sessão da Tarde (nos bons tempos), passaram o filme para esse horário com a esperança de que ninguém ia notar. Dois robôs que ajudam alguns humanos e depois dão cria a mais três robôs, que chamam mais robôs… Nem precisa de calmante. Durma como um nenê, já dizia a propaganda do Pica-Pau.

* Quarta, 05/03

O Pestinha 3, Globo, 15h55 Problem Child 3. EUA, 1995, cor, 87 min. Aventura. Direção: Greg Beeman. Com William Katt, Blake Mciver Ewing. Junior, que continua mais levado que nunca, se apaixona por Tiffany – a garota mais bonita da escola. A menina é cobiçada por outros garotos da área, o que faz com que Junior decida dar um jeito nos rivais para conquistar sua amada.

Se tem gente que não sabe quando parar, esses são os executivos de cinema. A terceira parte de uma versão comédia de A Profecia ia acrescentar o quê? Ele nem tenta dominar o mundo nem nada. Sem graça pra caramba. Fato trash: William Katt, o pai do pequeno tirano, ficou famoso como o Super-Herói Americano, umas das primeiras séries a serem exibidas no SBT, ainda TVS (tou velho…).

E mais: Ele chegou a fazer teste para interpretar Luke Skywalker (em Star Wars, conheces, né?), no mesmo dia em que Kurt Russell tentou entrar para a História como Han Solo!

Katt é o da esquerda, parece uma daquelas vassouras de limpar teto.

Drácula II, a Ascensão, Band, 22h30 Dracula II, Ascension. EUA, 2002, cor, 85 min. Terror. Direção: Patrick Lussier. Com Jason London, Craig Sheffer. Um grupo de estudantes de medicina analisa o corpo do vampiro, quando um homem misterioso oferece trinta milhões de dólares para coletar uma amostra de sangue, que será usada para reverter os efeitos de uma grave doença. Logo os estudantes se encontram envolvidos pelo conde.

Se o primeiro já era ruim, a sequência então…. Vindo na cola de Drácula 2000, que tinha Gerard Butler quando ainda era um merdita, Drácula II traz um tal de Stephen Billington como o vampiro ( que de uns tempos pra cá sempre é mostrado como uma moça, sei lá porquê) e Jason Scott Lee (de Dragão – A História de Bruce Lee) como o padre que deve derrotá-lo. Só se for na base da porrada.

Intercine, Globo, 1h35
Opção 1 – Nos Bastidores da Lei – O Filme L.A. Law: The Movie. EUA, 2002, cor, 120 min. Drama. Direção: Michael Schultz. Com Corbin Bernsen, Susan Dey. Oito anos depois do final da famosa série de tevê, os personagens de “L.A. Law” voltam a se encontrar. Velhas animosidades vêm à tona, assim como novos conflitos que geram inveja, intrigas e paixões.

Longa metragem derivado da série de tevê de mesmo nome, que tinha Jimmy Smits (Star Wars Episódio III e Nova York Contra o Crime) no elenco. Não é o filme policial padrão, aviso logo.

Opção 2 – Nunca é Tarde Para Recomeçar Revenge of the Middle-Aged Woman. EUA, 2004, cor, 90 min. Drama. Direção: Sheldon Larry. Com Christine Lahti, Brian Kerwin. Depois que o marido a deixou por uma bela e jovem mulher, Rose Lloyd se vê obrigada a refazer sua vida. Surpreendentes transformações físicas e um toque de sedução são as armas que ela vai utilizar para se vingar.

Filme de vingança feminina. Mais Sessão da Tarde do que SuperCine.

Atrás das Linhas Inimigas Behind Enemy Lines. EUA, 2001, cor, 106 min. Aventura. Direção: John Moore. Com Gene Hackman, Owen Wilson. Chris Burnett é um aviador experiente que está frustrado por ter sido afastado das missões de combate. Durante uma missão de reconhecimento, Burnett fotografa algo que deveria ser mantido em sigilo e, por isso, tem seu avião danificado. Em meio às linhas inimigas, ele recebe ajuda do almirante Reignart, um oficial durão e antiquado que acredita que Burnett ainda não aprendeu o real significado de ser um soldado.

Owen Wilson ,já queima filmes assim porque dá vontade de rir olhando pra cara dele. Mas Gene Hackman é indiscutível. “A maior mente criminosa de nosso tempo”, se é que você me entende.

  • Quinta, 06/03

Johnny Tsunami: O Surfista da Neve, Globo, 15h30 Johnny Tsunami. EUA, 1999, cor, 90 min. Drama. Direção: Steve Boyum. Com Brandon Baker, Yuji Okumoto, Cary Hiroyuki Tagawa. Um campeão de surfe de 13 anos precisa se adaptar quando a família é transferida das praias havaianas para o frio e montanhoso estado de Vermont. Lá, ele se vê no meio da rivalidade entre dois grupos de jovens, mas, com a ajuda de seu avô, Johnny consegue aceitar as mudanças do novo lar e aproximar-se de seu pai.
.
Outro dos filmes teen da Disney, fase pré-High School Musical. Tá notando um padrão? Na semana passada foi o menino-peixe. Nesta, é o pequeno surfista, feito pro Brandon Baker, que fez a sequência Johnny Kapahala, do ano passado e também foi Mogli na versão live-action de O Livro das Selvas. Mas o que interessa é o tal Johnny Tsunami, ninguém menos que Cary-Hiroyuki Tagawa. Reverencie o mestre, liso!

Shang Tsung-sua-alma-é-minha-da-silva (Mortal Kombat), Kabai Singh (O Fantasma), Yoshida (Massacre no Bairro Japonês), além de participação em Heroes e mais um monte de filmes, quase sempre como um vilão demasiadamente F*DA. Em Tsunami, no entanto, é o feliz vovô do moleque.
.

Perigo Extremo, Band, 22h30 City on Fire. Hong Kong, 1993, cor, 105 min. Ação. Direção: Ringo Lam. Com Chow Yun Fat, Lee Sal Yin. A morte de um agente faz a polícia perder a última pista que levaria ao comando de um sindicato especializado em roubo de jóias. Koo Chow infiltra-se no grupo e encontra Foo, o cabeça da organização que, antes de aceitá-lo no grupo, o submete a situações muito perigosas.
.
Chow Yun Fat, o eterno Li Mu Bai de O Tigre e O Dragão, em um filme dirigido por Ringo Lam, que já aguentou muitos porres e afins do sr. Jean Claude Van Damme quando dirigiu três filmes dele: Risco Máximo, Replicante e Hell.
.

Intercine, Globo, 1h05
A Um Passo do Inferno Trouble Shooters: Trapped Beneath the Earth. EUA, 1993, cor, 93 min. Aventura. Direção: Bradford May. Com Kris Kristofferson, David Newsom. Após um terremoto, uma equipe especializada em salvamentos é liderada pelo corajoso Stan Mather. O grupo cava um túnel por baixo dos escombros de um edifício de oito andares para tentar resgatar os possíveis sobreviventes.

O Inimigo The Enemy. EUA, 2000, cor, 99 min. Suspense. Direção: Tom Kinninmont. Com Luke Perry, Olivia D’abo. Um agente secreto e um geneticista lutam para impedir que uma arma biológica mortal caia em mãos erradas. Mo meio da ação, o inventor da máquina é seqüestrado. Para evitar que a arma seja utilizada, o agente terá de resgatar o inventor.

Um traz o cowboy Kris Kristoferson em um filme ao melhor estilo “O Resgate de Jessica”, só que em maior escala. O outro tem Luke Perry, antigo astro de Barrados no Baile (como Dylan) e Olivia D’abo, antiga estrela de Anos Incríveis (como Karen, a irmã de Kevin Arnold). Aprendemos uma coisa fazendo os filmes da semana. Se você perder a fama, o sucesso, a grana, calma… Sempre haverá um fim de noite com um filme seu.
Instinto Selvagem, Globo, 2h45 Basic Instinct. EUA, 1992, cor, 127 min. Suspense. Direção: Paul Verhoeven. Com Michael Douglas, Sharon Stone. Um detetive da polícia de São Francisco, Nick Curran, mais conhecido como “caçador”, investiga o assassinato de um astro do rock. Conforme se aprofunda no caso, envolve-se em uma trama com três mulheres. Seduzido por uma delas, acaba se envolvendo em assuntos perigosos, inclusive assassinatos.
.
Sharon Stone ficou famosa nesse filme só por causa do corpaço, e nem precisou dele inteiro, só uma parte. As cenas de filme pornográfico de sacanagem erótica são só o que se aproveita, e muito, daí. Não adianta querer me dizer que alguém prestou atenção na história, papo furado. De resto, basta dizer que Stone fez uma vilã em Mulher-Gato e depois apelou para um Instinto Sevalagem 2, que ninguém viu.

  • Sexta, 07/03

A Filha do Presidente, Globo, 15h55 My Date With The President’s Daughter. EUA, 1998, cor, 90 min. Comédia Romântica. Direção: Alex Zamm. Com Dabney Coleman, Will Friedle. Uma jovem marca um encontro com um rapaz sem dizer a ele que é filha do presidente dos Estados Unidos. Para a surpresa do jovem casal, eles recebem uma lista dos lugares onde poderão ir, mas despistam o serviço secreto para irem onde quiserem. Isto acaba gerando uma série de incidentes e o presidente coloca todo o serviço secreto atrás dos jovens fugitivos.

Comédia estilo soro caseiro da sessão da tarde… Um gostinho desagradavél e sem sal.

Jason X, SBT, 22h30 Jason X. EUA, 2001, cor, 93 min. Terror. Direção: Jim Isaac. Com Kane Hodder, Lexa Doig. No ano de 2455, a Terra já não serve mais de moradia para os humanos. Um grupo de exploradores, liderados pelo professor Lowe, retorna ao planeta em uma espaçonave. Próximo ao Crystal Lake, eles encontram os corpos de Jason Voorhees e de uma mulher. A equipe decide levá-los para a nave e ressuscitá-los, sem saber do perigo que correm.

O que durante a série inteira de Sexta Feira 13 era engraçado sem querer nesse filme foi de propósito. E perdeu a graça. Jason X é forçosamente trash e todo mundo sabe que dificilmente isso funciona. A sorte é que já se pensa em um novo filme, recontando a origem de Jason Voorhees, o único assassino do cinema que se teletransporta. É sim! Como é que ele, que anda mais manco que uma mula consegue aparecer do nada atrás da porta que a mocinha quer usar pra fugir? Traaaaash, trash e TRASH!!!! Até Kung-Fu o Jason luta. Dos originais, eu morria de medo, desse… Só se for de rir.

Intercine, Globo, 0h40
Limite Vertical Vertical Limit. EUA, 2000, cor, 124 min. Aventura. Direção: Martin Campbell. Com Chris O’donnell, Bill Paxton. Uma equipe de escaladores liderada por uma determinada jovem enfrenta condições de tempo adversas ao tentar alcançar o cume da segunda maior montanha do mundo. Após uma série de desastres, eles ficam presos na montanha, fazendo com que um escalador experiente monte uma equipe de emergência para resgatar os sobreviventes.

Olha só o Chris O’donnell tentando ganhar a vida em seu período “pós-Batman”… Não é um filme que vale à pena o seu sagrado sono de meia-noite.

Chegadas e Partidas The Shipping News. EUA, 2001, cor, 111 min. Drama. Direção: Kevin Spacey. Com Kevin Spacey, Julianne Moore. Homem infeliz e solitário, que perdeu sua esposa em um acidente de carro, viaja com sua tia e sua filha pequena para a misteriosa região onde viviam seus antepassados. Na cidade, começa a trabalhar no jornal local ao mesmo tempo em que se envolve com uma mulher problemática.

Que eu me lembre, só tem um filme com Kevin Spacey que eu não gostei… Superman Returns. O resto todo vale à pena, e esse parece ser interessante porque além do talento de Spacey temos a vislumbre de assistir Julianne Moore….

Uma Mente Brilhante, Globo, 2h50 A Beautiful Mind. EUA, 2001, cor, 135 min. Drama. Direção: Ron Howard. Com Russell Crowe, Ed Harris. John Nash é um gênio da matemática que, aos 21 anos, formulou um teorema que provou sua genialidade e o tornou aclamado no meio em que atuava. Aos poucos, o belo e arrogante John se transforma em um homem sofrido e atormentado, que chega a ser diagnosticado como esquizofrênico. Após anos de luta para se recuperar, ele consegue retornar à sociedade e acaba sendo premiado.

Sem dúvidas um bom filme. Para quem nunca viu Russell Crowe além do Gladiador e personagens que estão sempre preste a dar um tiro em alguém, esse filme é uma boa dica. Vale lembrar que o personagem de John Nash existe na vida real e deu uma grande contribuição científica na área da matemática e economia reconhecida com o o prêmio Nobel de Economia.

7 comentários em “Filmes da semana na TV Aberta: Jason, Robin e as gêmeas

  1. eu já fiz uma sessão de “terrir” aqui em casa com Jason X e Cradle of Fear (Renascido do Inferno, o filme do Dani Filth, vocalista do Cradle of Fear), traaaaaaaaaaaash, uma das melhores noites que eu já tive hahahahaha

    P.S.: Essa foto das gêmeas Olsen é montagem! haheuhoaiiuehiuaea

  2. *vocalista do Cradle of Filth, erro meu

  3. esse filme do EM é mais um disney’s racistas, com subliminares eroticas, e usando tematicas com esqueletos!
    tio eddie tentou mas o resto da produçao acabou com axel foley mais uma vez!
    o todo poderoso ponto fraco pela pessima personalidade do cara q JC encarna… vc é deus e esta preocupado com uma carreira de jornalista? dialogo final bonitinho!
    para o batman eu esperei na estrei desse filme muita coisa ja q n tinha gostado do da mulher gato… achei muito triste, sem açao… comparado com o primeiro…. o terceiro os atores eram bons, o lado emo de bruce foi explorado, mas so esse lado foi… a nova direçao q prometia muita coisa foi inutilmente uma cilada! de onde se viu um vilao q n seja coringa ter o direito de detonar todos os batgadgets! vou assitir tanto pela atriz quanto sou fan do batman n vou deixar de ver!
    o milagre do espaço n ha redençao na opiniao do diretor mas filme é bem feito e interessante nenhum ator teen ou super famoso no maximo os velhinhos deviam detonar na epoca do preto e branco!
    instinto selvagem é instinto selvagem!
    kevin lex… nenhum filme dele na parte da atuaçao dele é ruim, de acordo com o roteiro e peloq ele sabia do ultimo, foi identico, perfeito, n tem nada haver com o lex q eu esperava, ou dos quadrinhos, ou revista, ou smallville, mas kevin detona…
    jason x! filme sem base, muito legal o new jason q mesmo tunado ele n tem nitro… se vc perceber vai ser raro… um dos sobreviventes é um esteriotipo q nunca sobrevive em filmes assim… mas como sempre o negao morre primeiro!
    nota: o filme conta com um ator especialista em papeis coadjuvantes… o grande salvador do final… vc n sabe o nome dele mas antes de morrer ou sumir em cada filme q faz ele esta envolvido em uma boa cena de açao!

  4. Mas é uma montagem tão bem feita, Samar… Pô… 😉

    Valeu pelo comentário Yuuki!

  5. engraçadinho…

  6. eu não acredito que o Dr. House não saiba como se faz bebês.

  7. nossa fiquei tonto só de olhar o post do Muteki Yuuki

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: