11 Comentários

100Grana Viu: O Lutador

100Grana Viu O Lutador

Mickey Rourke continua seu processo de redenção de maneira brilhante mostrando a vida de um cara que não sabe fazer outra coisa a não ser lutar.

Por Danilo Passos

Confesso que quando vi Sin City – A Cidade do Pecado quase não reconheci o ator por trás do personagem. Tá certo que tinha muita maquiagem mas era quase como se aquilo tudo fosse real. Você torcia e se identificava com o feioso do Marv.

Mickey Rourke consegue repetir a fórmula em O Lutador ( The Wrestler) de forma sensível e menos caricata (na medida do possível) do que o brutamontes do filme de Frank Miller.

wrestler_100grana

Ele vive Randy “The Ram” Robinson, profissional veterano de luta livre que já esteve em seu auge mas hoje vive de lutas menores e da nostalgia do púbico que o consagrou. Com uma cara enrugada e uma cabeleira de dar inveja até a Elba Ramalho, o personagem foi construído minuciosamente por Rourke que fez questão de dar uma verossimilhança incrível às cenas de luta. Em uma delas o ator chegou a cortar de verdade a própria testa com uma lâmina de barbear. E em todas as outras, você percebe que tudo foi feito pra chocar o público fazendo com que tudo o que ele passa justifique suas futuras ações.

Entre uma luta e outra “The Ram” tenta pagar o aluguel atrasado, manter uma amizade colorida com a stripper Cassidy (a espetacular Marisa Tomei), cuidar de sua saúde e principalmente da aparência que é seu cartão de visita quando sobe no ringue. Ou seja, faz que qualquer ser humano normal faz. O ringue é mero plano de fundo pra mensagem que o filme quer passar. Até os melhores lutadores têm fraquezas, desejos ou simplesmente não querem evoluir em nada na vida.

Aí, eis que surge a oportunidade da revanche de uma luta histórica entre ele e seu maior rival Aiatolá há 20 anos atrás. Tudo parece correr bem pra que isso aconteça até que depois de mais uma noite de porrada, Randy sofre um ataque cardíaco que o leva a nocaute numa cama de hospital. Depois que o médico que o operou o proíbe de continuar com suas atividades normais, ele percebe que sua vida é vazia e, pelo fato de morar sozinho, não tem ninguém pra compartilhar nem o seu sofrimento. Cassidy, a única pessoa com quem ele mantém contato, procura não se envolver com clientes mas dá um conselho para que Randy procure sua filha (Evan Rachel Wood) e faça as pazes com ela já que ele nunca participou ativamente do crescimento da garota.

wrestlerdaddy_100grana

É nesse momento que o filme carrega sua maior carga dramática. Ram pode morrer se lutar novamente ainda mais porque sua saúde nunca foi das melhores já que a vida toda foi regada a muitos esteróides e bebidas, sendo que a revanche com o rival já está agendada. Sua filha o rejeita de uma forma humilhante. Sua única amiga se fecha quando ele tenta ultrapassar a barreira da amizade.

E então as dúvidas que ficam no ar são: será que ele vai contrariar os médicos e continuar com sua vida nos ringues? Sua filha passará a respeitá-lo e tratá-lo como pai? Ele vai engatar um romance com Cassidy e largar sua vida desregrada?

As comparações com Rocky Balboa são inevitáveis. A rejeição do filho e o cara que não tem ninguém e anda solitário num furgão são coisas que fazem lembrar da sexta parte da saga do garanhão italiano, mas aqui a trama tem seu próprio charme quando o personagem se dá conta de que não precisa provar nada pra ninguém.

Sem contar o final, posso dizer que Darren Aronofsky fez uma obra que representa muito bem a frase “ligue o f*da-se e seja feliz” que tanta gente prega por aí. E se os velhotes da Academia não derem o Oscar de Melhor Ator para Mickey Rourke, eles merecem um Ram Jam no meio dos cornos.

100Grana Recomenda e muito.
Nota 9.

11 comentários em “100Grana Viu: O Lutador

  1. Se não derem o Oscar pro cara?
    Foda-se. Titanic e até A Bela e a Fera já levaram.
    O pessoal da tal Academia parece entender menos de cinema do que o Zé do Caixão.
    Vou seguir a dica e conferir o filme.

  2. assistirei hoje

    vamos v c o marv vai merecer o oscar mesmo

  3. Nem sabia que tinha estreado o.o

    Quero muito ver esse filme!

  4. @Migeru: Pois é, milagre estrear esse filme aqui. Procura a programação da rede de cinema de Belém porque eu não vou dizer o nome nem em qual sala está passando . 🙂
    Pode ir que vale a pena.

  5. todo mundo comparou esse filme ao rocky, deu no que deu: acabou que é um ANTI-rocky! hahah

  6. ja tinha assistido alguns dias atras, simplesmente maravilhoso esse filme

  7. […] IESB revelou que Mickey Rourke esteve na Rússia semana passada para a premiére de The Wrestler- O Lutador. Mas não apenas isso: ele também esteve numa prisão do país em vias de pesquisar para o papel […]

  8. […] direção é de Darren Aronofsky, de O Lutador. A estreia está prevista para 1º de dezembro nos EUA. from → Cinema & DVD, Vídeos […]

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: