7 Comentários

Filmes do Fim de Semana na TV Aberta: Carnaval é o escambau

Filmes do Fim de Semana na TV Aberta - Carnaval é o escambau

A programação não está lá essas coisas, mas a coluna tinha que aparecer para salvar a sua TV da epidemia carnavalesca.

Por Danilo Passos

“E lá vou eu, lá vou eu…”

  • Sexta, 20/02

De Volta Para Casa, SBT, 14h45 Dutch. EUA, 1991, cor. Direção: Peter Faiman. Com Ed O’Neill, Ethan Randall. O mimado e arrogante Doyle tem tudo que o dinheiro pode comprar, mas desde que seus pais (Natalie e Reed) se separaram, falta a ele a figura paterna, já que seu pai vem se distanciado a cada dia. Tudo piora quando Doyle descobre que seu pai prefere viajar a passar o feriado com ele. Revoltado, o garoto se nega a ir para casa da sua mãe. É quando o atrapalhado e divertido Dutch, namorado de Natalie, decide buscá-lo, no colégio interno, e trazê-lo para o feriado de ação de graças. Contrariado, Doyle promete não ceder e pretende transformar uma simples viagem de carro em uma verdadeira guerra.

Filme road trip legalzinho com o Al Bundy de Married With Children e o baixista do The Wonders molequinho, ainda com cara de moça. Na estrada eles passam por acidentes, tiros de mentira, prostitutas, fogos de artifício e porrada. Vale uma olhada apesar de ser muito clichê em certos momentos.

Inspetor Bugiganga, Globo, 16h25 Inspector Gadget. EUA, 1999, cor. Comédia. Direção: David Kellogg. Com Matthew Broderick, Rupert Everett. Durante uma tentativa de resgate totalmente atrapalhada, John Brown (Matthew Broderick) um segurança ingênuo e despreparado é dividido em mil pedaços pelo terrível e nefasto Dr Claw (Rupert Everett). Para não perder a grande oportunidade de mostrar sua capacidade como cientista de robótica, a brilhante Dra. Brenda (Joely Fisher) entra em ação juntando todos os pedaços de John, e criando o inspetor bugiganga – a mais espetacular ferramenta de combate ao crime.

Quem teve a “brilhante” ideia (sem acento agora) de chamar Matthew Broderick (salve Ferris) para fazer o Bugiganga? Além de não ter nada a ver fisicamente com o personagem, esse tipo de filme não combina com o cara. Resultado: sem graça bagaraio.

Colateral, SBT, 23h15 Collateral. EUA, 2004, cor. Direção: Michael Mann. Com Tom Cruise, Jamie Foxx. Max é um simples taxista que trabalha há 12 anos e almeja ter uma empresa de limosines para locação. Trabalhando no período da noite acaba pegando um cliente, Vicent, que se apresenta como corretor, Precisando de seus serviços por toda a noite, deixando-o no aeroporto às seis da manhã. Max pensa bem, mas Vicente lhe oferece uma boa quantia. Já na primeira parada, Max percebe que está nas mãos de um matador frio e calculista. Para a sorte de Max, o FBI está protegendo as futuras vítimas de Vicente e tentando salvar a sua vida.

Jamie Foxx roubando a cena tranquilamente de Tom Cruise. Aliás se não fosse o Mr. Ray Charles esse filme seria mais uma bomba do sr. Ethan Hunt. Ação frenética com o rei do tiroteio na direção, Michael Mann. Salva a sexta-feira de carnaval. Uma curiosidade: Jason Statham aparece no meio da estória e ele aparentemente faz o mesmo personagem que o consagrou em Carga Explosiva. Nunca foi confirmado se realmente é. [/irrelevante]


  • Sábado, 21/02

Legalmente Loira, SBT, 14h45 Legally Blonde. EUA, 2001, cor. Direção: Robert Luketic. Com Reese Witherspoon, Luke Wilson. Elle Woods (Reese Witherspoon) está prestes a realizar um sonho: se casar com o homem da sua vida ou pelo menos acha que isso vai acontecer. Mas seu amado, Warner (Matthew Davis), resolve que ela não é boa o bastante para ser sua esposa. Só porque ela é loira, ele não acredita que seja inteligente. Elle resolve provar para todos que é capaz, entrando em Harvard, mais precisamente no curso de direito. Ela vai mudar toda a sua vida e seu principal objetivo é reconquistar Warner.

O longa que virou ícone das patricinhas que vestem rosa (redundância, oi?). Reese Witherspoon tentando provar que loira não é burra. Só em filme mesmo. Observação para as ofendidinhas: Este comentário está carregado de sarcasmo e ironia, portanto não reflete a realidade. Obrigado.

Armageddon Globo, 16h21 Armageddon, de Michael Bay. Com Bruce Willis, Ben Affleck e Liv Tyler. EUA, 1998, cor, 150 min. A emissora não informou a classificação etária. Ficção Científica – O melhor grupo de perfuradores de petróleo do mundo é chamado pelo governo norte-americano para livrar o mundo de uma grande ameaça: um meteoro que tem como rota o planeta Terra, colocando em risco a vida de toda a população. Eles têm poucas semanas para chegar ao meteoro e, de lá, alterar o seu curso com sua experiência em escavação.

Michael Bay antes de botar robô pra brigar fez pérolas do cinema catástrofe como essa. Só vale pela gostosa da Liv Tyler e a trilha sonora do Aerosmith. Vou contar um spoiler. O Bruce Willis morre no final. Rá!

Música meio xarope mas eu gostcho.

Tristão e Isolda, SBT, 23h15 Tristan & Isolde. EUA, 2006, cor. Direção: Kevin Reynolds. Com James Franco, Sophia Myles. A queda do império romano faz com que as tribos feudais da Europa da Idade Média lutem entre si por poder. O sonho de uma Inglaterra forte e unida é destruído quando traidores matam Aragon e sua família. Salvo e criado como filho pelo lorde Marke, Tristão, filho de Aragon, é o único sobrevivente do massacre. Anos depois Tristão torna-se um homem honrado e um grande guerreiro, mas durante uma batalha ele é tido como morto e seu corpo lançado no mar em um funeral viking. Encontrado e salvo por Isolda, o casal se apaixona perdidamente e faz juras eternas de amor. Sem saber que a amada é filha de Donnchadh, o rei da Irlanda e também seu maior inimigo, Tristão retorna a sua casa. Mas os jovens se encontram novamente, quando Donnchadh organiza um campeonato de lutas e promete como prêmio a mão de sua filha.

James Franco antes de ser mal aproveitado em Homem Aranha 3. Clássica ladainha de casal que se apaixona mas esse amor é proibido porque suas famílias são rivais. Narrador da Globo mode on: “um amor que vai romper todas as barreiras…” Narrador da Globo mode off.

Sequestrada Para o Prazer, Band, 2h. França/ Irlanda/ Holanda, 1996, cor, 94min. Erótico. Direção: Kevin Alber. Com Daneen Boone, Timothy Di Pri. O professor Robson parte para o deserto em busca de um diamante, o “Olho de Deus” e, quando Justine recebe a informação de que ele corre perigo, ela parte para ajudá-lo, mas é seqüestrada por Nykvist, que a oferece para o Sheik possuí-la como sua noiva. Com Nykvist livre para perseguir Robson e o diamante, Justine faz amizade com uma das esposas do harém e começa a tecer um plano de fuga, porém é raptada novamente e, desta vez, somente Robson poderá salvá-la.

Entre esse aqui e o carnaval na Globo não tem quase diferença nenhuma. Aliás, acho que tem. Carnaval  ainda consegue ser mais erótico do que isso. 🙂

  • Domingo, 22/02

O Diário da Princesa 2 Globo, 13h15 Princess Diaries 2: Royal Engagement, de Garry Marshall. Com Julie Andrews, Anne Hathaway e Hector Elizondo. EUA, 2004, cor, 113 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia Romântica – Ao completar 21 anos, Mia deve assumir o trono de Genovia, mas seu direito é questionado porque a rainha deve ser uma mulher casada. Enquanto a corte lhe apresenta uma lista de pretendentes e Mia se atrapalha na preparação para o cargo, a jovem pode acabar tropeçando no homem ideal.

Anne Hathaway antes de virar uma ultra gostosa e a queridinha de Hollywood, também já fez filme besta. Ainda bem que ela evoluiu:

“Havoc”. Procurem por esse filme. Sério.

Mr Bean – O Filme, Record, 22h Bean – The Movie. EUA, 1997, cor, 89min. Comédia. Direção: Mel Smith. Com Rowan Atkinson, Burt Reynolds. Mr. Bean é um atrapalhado funcionário de uma importante galeria de artes de Londres querido apenas pelo presidente do local. Quando um general americano paga US$ 50 milhões pela obra “Mãe de Wistler”, ele é enviado para representar a galeria em Los Angeles. Os problemas começam quando ele se instala na casa do curador David e apronta várias confusões.

Porra, filme do Mr. Bean é sacanagem. “Atrapalhado”, “apronta várias confusões” “e mesmo não falando nada consegue ser um mala.”

Ataque dos Tubarões, SBT, 22h30 Shark Swarm. EUA, -, cor. Direção: James A. Contner. Com Daryl Hannah; John Schneider. O poderoso investidor imobiliário Hamilton Lux está determinado a transformar o pequeno e pacato vilarejo de pescadores “Full Moon Bay” em um sofisticado condomínio. A comunidade toda o apoia exceto o pescador Daniel Wilder, cuja propriedade está no centro da vila. Ao perceber o grau de dificuldade que terá para convencer Daniel a sair do vilarejo, Lux busca uma saída para seu problema: secretamente joga lixo tóxico na baía, eliminando os peixes, para assim obrigar Daniel a vender suas terras. Lux só não imaginava que sua agressiva atitude contra a natureza os transformaria até então dóceis tubarões da área em sanguinários caçadores. Sem peixes para se alimentarem, quem poderá se safar dos ataques destas famintas feras do mar?

Trash, ah aaaaaaaaaaaaaaaa!!! Daryl Hannah, a sereia mais gostosa que o cinema já viu em filme de tubarão com o pai do Clark em Smallville. Mais canalha impossível. Dóceis tubarões?  Só em filme mesmo².

Doutores da Alegria, Cultura, 23h Brasil, 2005, cor. Documentário. Direção: -. Com Ângelo Brandini, Beatriz Sayad. O documentário mostra o dia-a-dia dos hospitais que recebem visitas do grupo formado por atores que se vestem de palhaços para alegrar as crianças internadas. O filme retrata a transformação pela qual o ambiente passa com a simples presença dos palhaços, proporcionando cenas engraçadas e ainda presenciando depoimentos tocantes ao lado dos pacientes, seus pais e médicos.

Sempre quis saber um pouco mais dessa profissão. Acho que esse documentário resume bem o que os palhaços representam na recuperação de crianças doentes. Uma estória bonita. Snif, snif.

(dedos indicadores para cima) “Na tela da TV no meio deeeeeeesse povo…”

Fonte: Terra e Acontece Online.

7 comentários em “Filmes do Fim de Semana na TV Aberta: Carnaval é o escambau

  1. lá vou eu…. lá vou eu…. q paia! nem vaum passar o melhor filme de todos…

    o ataque kamikasi ao trio eletrico de salvador! com silvestre stallone….

  2. “entre esse aqui e o carnaval na Globo não tem quase diferença nenhuma. Aliás, acho que tem. Carnaval ainda consegue ser mais erótico do que isso”

    raxei

  3. … E viva a TV a cabo!

  4. Esse filme da Band proMETE.

  5. Nesse carnaval, vou me entupir de animes, tokusatsu, internet e muito videogame pra fugir da “babilônia”.

  6. muito obrigado pelas dicas… não sei se vou ligar a tv nesse período pois tenho medo de ser contagiado pelo “clima de carnaval”… afinal, como vcs mesmo disseram nesse post, carnaval é o escambau!

  7. Não gosto de televisão e carnaval (mas vou um dia para beijar uma vez por ano).

    Só mexo com internet. A televisão é horrível. No computador você pode assistir sem censura e na hora que quiser.

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: