30 Comentários

100Grana Especial: Relembrando o Capitão Planeta

capitao-planeta-topo

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Terra, o 100Grana relembra um desenho que abordou a preocupação em cuidar de nosso mundo um  jeito bem peculiar.

Por Sérgio Fiore

Ontem, lisos, foi o Dia da Terra, e o mundo clama por uma maior conscientização ecológica. Pode não parecer, mas a gente também se preocupa, e muito, com isso. Até as cores do site priorizam o verde. Mas falando sério, o que poucos se lembram é que esse movimento de conscientização já se iniciou anos atrás. E nada melhor para comemorar o Dia da Terra com um genuíno super-herói ecológico: O Capitão Planeta.

Criado no começo dos anos 90 pelo desenhista americano Ted Turner, o personagem servia como uma forma de alerta e interação para seus telespectadores, que em sua maioria eram crianças e adolescentes.

O desenho foi produzido pela empresa Turner Program Services em parceria com a DiC Entertainment e estreou na TV americana em 10 de setembro de 1990 . E teve sequência:  The New Adventures of Captain Planet, em parceria agora com a Hanna-Barbera Productions. Para que não se lembrava da trama, eis um resumo:

protetores3

Gaia (o espírito da Terra segundo a mitologia Grega) leva cinco jovens escolhidos para serem os chamados Protetores para sua casa na Ilha da Esperança (o  único lugar que ela se consegue materializar na sua forma humana) para que pudessem ajudá-la em sua luta para salvar a Terra. É interessante notar que, enquanto cada um dos Protetores representa uma cultura específica, Gaia é uma mistura de todas: sua pele é morena, cabelos pretos e olhos azuis . Uma mensagem direta de união entre os povos.

gaia1

Os cinco protetores eram:

kwame1

Kwame: o africano com o poder da Terra e o conservador do grupo. Ele viu florestas se transformarem em desertos e a vida selvagem desaparecer. Ele faz de tudo com seus poderes para salvar espécies em extinção pelo mundo. Kwame oferece uma grande convicção e firmeza para os outros Protetores. Apesar de ser o mais quieto, em vários momentos assume a liderança do grupo. Costuma ter decisões séries, mas conta com um senso de humor apurado e mantém sempre uma linha de raciocínio definida.

wheeler1

Wheeler: o jovem americano (conicidentemente, com o o poder do fogo. Seria ele responsável pelos recentes incêndios na Califórnia?), tipicamente do Brooklyn, sempre bem humorado e muitas vezes atrapalhado. Adora fazer piadas dos outros Protetores e enfreta os vilões sem medo. Normalmente, ele é o que tem menor conhecimento quando o assunto é ecologia, muitas vezes não entendo algumas situações. Está quase sempre flertando com Linka, que corresponde algumas vezes, apesar de quase sempre o achar muito imaturo em suas atitudes.

linka1

Linka: Controla o vento. Nasceu na União Soviética, apesar da série ser exibida já com a desintegração da mesma. Ela possui grande conhecimento em computadores e componentes eletrônicos em geral. Ás vezes é explosiva, mas usa oraciocínio lógico. Quase sempre despista os avanços de Wheeler, apesar de sentir ciumes do americano em várias oportunidades. Linka muitas vezes encara a situação humana à frente da ecológica, tomando as decisões mais frias do grupo.

gi1

Gi: De origem asiática, mistura um estilo refinado com alta tecnologia. Estudante da marinha em geral, é especialista em espécies de seres vivos e ecosistemas do fundo do mar. Sendo a mais atlética do grupo, adora surfar. Seu animal favorito é o golfinho. Tem facilidade de lidar com as pessoas e é fã de rock ‘n roll. Controla a àgua.

ma-ti1

Ma-Ti: o sul-americano do grupo  é também o mais jovem. Apesar de não revelado oficialmente durante a série, sua nacionalidade provavelmente seja a brasileira, já que ele faz parte de uma tribo dos índios caiapós. Possui vasto conhecimento no ecosistema de florestas tropicais, principalmente plantas exóticas. É amigo dos animais e possui um macaco chamado Suchi. É o mais sentimental do grupo e o que recebe maior atenção de Gaia. Seu poder éo mais curioso , o “Coração”, que o permite se comunicar com animais através de telepatia. Apesar de raramente usar contra humanos, ele também pode fazer uma pessoa ser mais “bondosa” através de seu anel.

200px-captain_planet

O Capitão Planeta, o super-herói da série,surge após a combinação dos poderes dos cinco Protetores – terra, fogo, vento, água e coração. O interessante é quew, apesar de ser superpoderoso e controlar os cinco elementos que lhe dão poder, ele sempre deixa claro que não pode resolver os problemas ecológicos eternamente. No melhor estilo He-Man, ao final de cada episódio ele dá uma lição de moral na molecada, lembrando que  todos tem que fazer sua parte para garantir o futuro da Terra, dizendo sempre “O poder é de vocês”.

Aqui, os vilões são os que espalham poluição e destruição pelo mundo, e aí embaixo segue uma lista dos principais.

zarm

Zarm:  assim como Gaia, um espírito planetário, porém destruidor e maligno – em contraste com Gaia, Zarm pode se manifestar fisicamente aonde bem quiser. Com sua maldade e escuridão ele tenta de tudo para consumar o lado mau da espécie humana a fim de que esta destrua a si mesma e seu próprio mundo.

hoggish

Porco Greedly: (Ganancioso, possui todas as maneiras asquerosas de um autêntico suíno (completo com modo de vida, hábitos e até os grunhidos) e adora devorar recursos preciosos (em mais ênfase não-renováveis como petróleo e minerais). Veste-se na maioria das vezes com uma roupa “operacional” muito larga e ensebada com gravata azul e botas grossas. Seu capanga-mor é Rigger, um magrelo nojento, queixudo e dentuço vestindo roupas de punk, boné de baseball, calças de suspensórios e botas estreitas.Ele é uma referência à industrialização e ganância sem controle.

drblight

Drª. Blight: cientista cruel que se empenha em criar novas toxinas, monstruosidades biológicas, espalhar a poluição e outras que envolvam seu intelecto, e tudo isso lhé dá o nome “blight” (“podre” em inglês). Por falar em intelecto, Blight possui como ajudante o supercomputador chamado M.A.L., cuja inteligência artificial é puramente voltada para o mal.

lootenplunder

Looten Plunder: ele adora dinheiro mais que tudo. Sempre vestindo elegantes ternos geralmente feitos de pelagem animal e com cabelos presos em rabo-de-cavalo, este obscuro magnata se utiliza de fazer o mal de forma mais ampla aos seres vivos em sua viciante busca financeira: seja ameaçando animais e vegetais até mesmo contratar serviços mercenários para eliminar todos, de pessoas a governos, que ousem cruzar seu caminho. Ele vive em fortalezas móveis de alta tecnologia que devastam tudo o que existir pela frente. Seu mercenário assecla Argos Bleak adora executar qualquer serviço sujo para seu chefe – e para ser bem pago também.

dukenukem

Duke Nukem (Não confundir com o dos games): parece um homem revestido com pedras radioativas douradas. Aliás, radiação é o que ele mais gosta. Ele está sempre em busca deste tipo de material não só para consumir e ficar mais forte mas também para contaminar a Terra com sua radiação. Ele se veste com roupas de havaiano (chinelos, camisa de turismo, bermudão e óculos escuros) e gosta principalmente de “banhos” de radiação. Seu capanga Roupa-de-Chumbo (Plumb Suit) é normalmente um covarde que se assusta com o poder de seu chefe.

verminousskumm

Verminoso Escória : vilão que personifica a falta de saneamento público e crescimento urbano desplanejado. Ele é literalmente um rato (humanóide, claro) e vive nos imundos esgotos subterrâneos das grandes cidades. Ele gosta de poluir utilizando principalmente materiais de esgotos e não pensará duas vezes em lançar hordas de ratos, lixo e produtos químicos nocivos para fora de seus domínios. Veste roupas velhas e acabadas, compostas de um traje roxo imundo com capuz vermelho. Não possui um capanga secundário fixo.

slysludge

Matreiro : como seu nome sugere, ele possui uma astúcia enorme para fazer mal ao mundo. Ele lida principalmente com lixo e produtos tóxicos, fingindo tratar dos mesmos com seriedade mas na realidade costuma despejar toda a sujeira em rios, lagos, florestas e outros ambientes naturais; não havendo onde se desfazer do lixo, ele o queima a céu-aberto sem se importar com o risco de ele se transformar em chuva ácida.

De forma similar ao Porco Greedly, Matreiro visa entrar e sair de cena sem ser focado pelas autoridades locais e menos ainda pelos Protetores. Veste-se usualmente com um tipo de uniforme de operário, com cabelos alongados para trás e uma barriga enorme. Seu parceiro Sujão (Ooze) não passa de um trapalhão chorão e incompetente.

180px-captain_pollution_in_his_first_appearance

Capitão Poluição : Uma versão maligna do Capitão Planeta,  a combinação dos poderes poluidores dos anéis malignos criados por Blight para ela mesma, Duke Nukem, Matreiro, Escória e Plunder. Tais anéis – Ódio, Super-Radiação, Fumaça, Tóxicos e Desmatamento, respectivamente – são cópias malignas dos anéis dos Protetores. O Capitão Poluição se fortalece com poluidores tóxicos e enfraquece com os elementos puros do planeta.

Relembrem a abertura, narrada pelo fantástico José Santana:

A dublagem nacional, aliás, era um dos grandes atrativos da série aqui no Brasil, com os talentos de Ricardo Schnetzer, Lina Rossan, Etore Zuim, Marisa Leal, Garcia Jr., Carlos Marques. Oberdan Jr, Isaac Bardavid, Antonio Patiño, Sônia Ferreira, Magalhães graça, Miguel Rosenberg, entre tantos outros talentos. Aqui no Brasil, o desenho foi exibido,  a partir de 1992, no programa Tv Colosso, na Rede Globo. E anos mais tarde, pelo canal a cabo Boomerang.

Mas quem acredita que ficou só nos desenhos a importância do personagem, engana-se. Uma ano após o sucesso, surge a Captain Planet Foundation (CPF) fundada por Ted Turner, que  decidiu colocar os preceitos da animação em algo que, segundo ele, poderia inspirar os jovens que eram fãs da série.

captain-planet

O que não demorou a acontecer, já que a organização oferecia  a oportunidade única para as escolas e organizações de todo o mundo para apresentar seus projetos ambientais para eles,  na espera para receber o capital para pôr tais idéias em serviços comunitários  e projetos de aprendizagem.

Rapidamente a CPF estava recebendo todos os anos centenas de propostas de todo os Estados Unidos. A fundação se tornou um meio pelo qual os jovens telespectadores poderiam tornar-se os protetores e elevar a consciência ambiental em suas próprias escolas e comunidades.

tedandcaptainplanet8576_019

A série terminou em 1996, com três indicações ao Daytime Emmy, três Environmental Media Awards, um Parent’s Choice Award, dois Gênesis Awards , e uma comenda de Peggy Charrens Action For Childrens Television. A fundação quase foi extinta na época da fusão  da AOL com o grupo Time-Warner, mas continuou graças aos esforços da filha de Turmner, e  seu marido. Em 2007 a fundação adquiriu os direitos de exibir episódios da série online e no ar, visando educar a a atual geração.

cpfoudation

Visite o site oficial da Fundação, clicando aqui.

Pode parecer piegas, mas uma coisa é certa: Não basta convencer apenas o povo, quem está no comando deve ser cada vez mais alertado de que esse mundo é a nossa casa, e devemos cuidar para que ele continue habitável.

Eu bem que gostaria de ter visto o Capitão Planeta peitando não só os vilões, mas também os políticos, os governantes das nações ricas, sobre os perigos das guerras, das fábricas poluidoras, do degelo dos pólos, e tudo para o  qual nossos chefes de estado fecham os olhos todos os dias, e raros são aqueles preoucupados de verdade.

O poder pode até ser nosso, Capitão, mas às vezes nós temos de lembrar uns aos outros disso.

E mesmo tendo sido ontem, um Feliz Dia da Terra a todos.

Continue lendo o 100Grana.

30 comentários em “100Grana Especial: Relembrando o Capitão Planeta

  1. essa vc desenterro hein….

  2. Salve Capitão Planeta!O poder é de vocês!!!

  3. cara esse desenho eu não pedia uahuahahauhauha
    adorava

    “pela união dos seus poderes eu sou Capitão Planeta”

    “vai planeta”

    uahuahahauaahuahahuhua

  4. Snif, snif com o final dessa matéria, Sérgio.
    Ficou foda como sempre.

  5. Égua caras,

    Essa materia foi firme…

    Vou fazer uma camisa com a imagem do capitão planeta.

  6. Não só os chefes de estado. Nós também não estamos nos policiando.

  7. Foi um dos melhores desenhos estaduninenses já produzidos nos anos 90, perdendo somente p/ o Batman Animated…uma pena que essa pérola rara não ganhou um remake ou sequência diferente do He-Man (tentaram ressuscitá-lo pelos 2 X, uma pelas mãos da Toei e outra c/ o nome de Masters of Universe)…só espero que este escape da síndrome da versões live-action, vide o caso de Flintstones, Dragon Ball Evolution, Speed Racer,etc.Um dos atrativos de Capitão Planeta é que ele não fica infocando o nacionalismo ou a soberania estaduninense camuflada como em certos desenhos…e sim o espírito ecológico.Alías qdo o Capitão passou a gente ainda curtia as aventuras de KR:Black, Spielvan, Sharivan, Sheider, Metalder,etc.

  8. materia foda!!

  9. Muito legal msm, clássico!

    Porco Greedly igualzinho aquele gorducho atrapalhado dos Power Rangers.

  10. Coração!!!

  11. Sinto q precisamos dele de novo mesmo o poder sendo nosso!

  12. Sempre achei o Capitão Planeta a cara do Evandro Mesquita pintado de verde.

  13. coração é elemento…??

  14. Alguém achou a Força da Trindade na logomarca do Google ontem?

  15. haeuuahehahueu

    até hj eu me pego gritando

    VAI PLANETAAAA!!!

  16. Sempre achei o Capitão Planeta a cara do Evandro Mesquita pintado de verde. [2]

    eu ri!

  17. CARACA!!!!!!!!!!

    Bons tempos!! *-*

    ei, você sabe se existe DVD do Capitão Planeta para vender? =O

  18. Muito boooom, cara…
    100grana também é nostalgia!

  19. Cara … Sensacional vcs terem relembrado o Capitão Planeta … eu lembro q eu repetia com ele, “O Poder é de Vcs !!!”

  20. Era um dos meus desenhos favoritos, hoje olhando com outros olhos pude ver que essa animação ia além de um mero desenho infantil.
    parabéns a equipe do 100 grna vcs são os melhores

  21. Perfeitamente didatico ao nosso tempo de infancia…
    aprendiamos como protejer nosso meio ambiente, dava-mos o verdadeiro valor as belezas naturais.

    ” os desenhos de hj em sua maioria pregam a violencia”

    “Vai planeta”

  22. […] um tempo de olhar para atrás com nostalgia, não? E pensar que, poucos dias atrás postei sobre o Capitão Planeta, e agora mais uma vez falo sobre desenhos antigos, mas este aqui é especial, […]

  23. […] um tempo de olhar para atrás com nostalgia, não? E pensar que, poucos dias atrás postei sobre o Capitão Planeta, e agora mais uma vez falo sobre desenhos antigos, mas este aqui é especial, […]

  24. nossa asisti se não todos quase todos os episodios dessa serie, junto com batman, superman, the oz kids, a vida moderna de rokuo, doraemon, black kamen raider eles tem uma lugar especial no meu coração.Esse desenho me mostro que não estamos acima do mundo mas que fazemos parte dele

    obs tenho certeza que isso nunca vai caontever http://silentkv.deviantart.com/art/Captain-Planet-revision-39541362

    ha humanidade inteira nao tem competencia para isso quanto mais esse bando de idiotas.

  25. OOOOOOOOOOOOOOOIIIIIIIIII CAPITAO PLANETA

  26. O capitao planeta é muito legal, pois ele nos informa sobre o que fazemos com o nosso meio ambiente e como fazer para preservá-los.

  27. Q pariu olha… mostra como a gente esquece rápido das coisas mesmo! O desenho era até bonzinho mesmo. Acho q ele fechava a TV Colosso por um tempo (alguém lembra disso?). Bela pesquisa, parabéns Sérgio.

  28. na hora do gol do internacional eu vou imitar o capitão planeta dizendo na quarta e no sábado na final contra a internazionale ”o poder éee de vocêeeesss!!!!!!”

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: