3 Comentários

Star Wars: Dark Times – Conheça mais da HQ

Bomo topo

Um separatista une-se à um Jedi e vários viajantes em busca de sua família.

Hoje continuo falando das HQs de Star Wars publicadas no Brasil. Hoje falamos de Dark Times, história com roteiros de Mick Harrison e arte de Douglas Wheatley, que se passa 19 antes de Uma Nova Esperança. Essa saga foi publicada a partir de Janeiro de 2008 pela Dark Horse.

dt

Se em Knights of  The Old Republic vemos um grupo em fuga para escapar de um condenação injusta, em Dark Times, como o próprio nome diz, estamos num período de tempos negros, os primeiros anos da ascensão do Império Galático de Palpatine, com Clonetroopers debelando toda a resistência restante, nos quatro cantos da galáxia.

Bomo 1
Bomo Greenbak

No caso, a trama é focada em Bomo Greenbak, um general nosauriano, raça que se aliou aos separatisas durante as Guerras Clônicas. Em combate, ele é o único sobrevivente de um ataque de vários soldados imperiais em New Plympto, ao lado de Dass Jennir, um Jedi escondido que liderava os Nosaurianos.

star-wars-dark-times-02
Dass Jennir

Bomo entra em desespero ao saber que sua esposa e filha, que ele tinha levado para fugir com os refugiados, foram capturadas juntas  para serem vendidas como escravas pelos imperiais, e parte com Jennir ao resgate.

No caminho, acabam se aliando à tripulação da nave Uhumele, liderada pelo Capitão Schurk-Heren , que procura escapar de New Plympto, e das forças do Império, ao mesmo tempo em que auxilia Bomo em sua busca.

A nave Uhumele
A nave Uhumele

Um aspecto interessante desta minissérie é uma visão diferente de Darth Vader. Logo na primeiras partes, vemos Darth Vader mostrando que é mesmo, como disse certa vez Vinícius Passos, um cão arrependido, questionando a si mesmo e suas escolhas, inclusive através de dois flashbacks de cenas bem conhecidas da nova trilogia: Uma do Episódio I, em que ele, ainda menino, fala à Qui-Gon Jinn que sonhava que era Jedi e libeertava os escravos, e outra do Ataque dos Clones, após a morte de sua mãe, onde ele jura, amargurado, que será o mais poderoso dos Jedi.

Quem também começa a se questionar, acreditem, é o Comandante Vill, líder dos clones em New Plympto, pois se a guerra está próxima do fim como dizem, qual será  a utilidade para seres como ele, que foram feitos para a guerra, quando os tempos de paz vierem?

Bomo 2

A busca de Bomo e os outros os levam até o sistema Orvax XV, aonde Bomo encontra os refugiados, mas não sua esposa e filha. Infelizmente, eles lhe revelam que sua esposa foi morta ao tentar impedir, sem sucesso, que sua filha fosse levada pelos escravizadores. Jennir então, sai no encalço de um traficante local, o responsável pela venda da filha de Greenbak. Após descobrir as coordenadas do comprador, o Jedi acaba matando o criminoso, sem maiores explicações. O fato é que Jennir começa cada vez mais a abandonar os princípios de sua ordem.

Para quem não conhece o fim dessa primeira parte, cuidado com SPOILERS: Bomo, Jennir e a tripulação da Uhumele descobrem o novo dono da filha de Greenbak, um filho de nobres chamado Dezono Qua, em Calamar, no sistema Esseles.

Mas ao chegarem na residência do tal, outro choque: o nobre comprara a criança e a devorara no jantar. Em meio à incredulidade, Jennir mata o nobre. Bomo fica furioso com ele, pois a vingança era a única coisa a qual ele tinha direito, e revela a tripulação da Uhumele o até  então desconhecido fato de que Jennir era um Jedi. Após esses eventos, Jennir abandona a equipe para não expôr os tripulantes da Uhumele. Fim do SPOILER


Atualmente, nas histórias publicadas aqui no Brasil pela Editora Online, vemos a saga Paralelos, aonde  o Capitão Schurk-Heren e sua tripulação são  prisioneiros do mafioso local  Haka Hai, no sistema Minbam,  que exigem que Heren revele o paradeiro de uma misteriosa caixa, que seria vendida a ele.

Ao mesmo tempo, é revelado que a tripulante Crys Tanzer, da Uhumele, odeia os Jedi, e por um bom motivo: ela acredita que eles são os responsáveis pela morte de seu filho, Kennan, entruege aos Jedi para ser treinado em meio à Ordem 66.

O que Tanzer desconhece é que Kennan e outros padawans  estão vivos, e viem refugiados com o mestre Jedi K’Kruhk num sistema abandonado.

E Dass Jennir voltará em breve às histórias de Dark Times, aguardem,  depois falarei das outras sagas publicadas na Revista Star Wars.

Leia mais sobre quadrinhos.

3 comentários em “Star Wars: Dark Times – Conheça mais da HQ

  1. eu acredito que sou maior fã de star no meu bairro eu dorei muito dark time nota 1000 mais que eu adorei foi rebelião continue fazendo mis que puder

  2. Dark Times junto com KOTOR (sou viciado nos jogos) são minhas séries favoritas da atual revista Star Wars da Editora Online. Estou amando a revista até agora. A initiciativa da editora está sendo ótima. Só tenho agradecimentos.

    E Jennir já é um dos meus Jedis favoritos. O afastamento dele dos principios da Ordem Jedi e da Força só revelou um personagem ainda mais magnifico.

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: