2 Comentários

J.J. Abrams fala sobre os rumos de Star Trek

Incluindo a  reaparição de personagens clássicos. Não que vá acontecer, mas enfim.

Depois que o novo Star Trek fez o sucesso que fez, ficou a pergunta: Como fica o futuro da franquia, agora com esse novo folêgo? Pergunta que o diretor J.J. Abrams, em entrevista à MTV, procura responder, porque as possibilidades são imensas. Falou-se por aí até numa presença de Khan Noonien Singh, um dos vilões mais emblemáticos da mitologia Trekker.

jjabrams

Abrams falou sobre isso, deixando claro, que outras possiblidades existem, passada a missão mais difícil de reiniciar a franquia:

“Eu acho que um dos subprodutos de fazer este filme foi o fato de que pudemos dissipar as preocupações óbvias e compreensíveis, como por exemplo: ‘Como pode Star Trek, eventualmente, existir sem os membros do elenco original?’. Agora que estamos em uma existência paralela com o que os fãs da série original tanto amam, nós poderíamos introduzir um grande número de personagens, definições, referências e situações que a série original introduziu. Lidar com Khan seria certamente um desafio, mas nós tivemos um desafio igual ao buscar a nossa tripulação da Enterprise.”

Ou seja, Khan é uma possibilidade, uma entre tantas outras, que certamente poderia acontecer, e Abrams sabe que é um desafio, pois não é qualquer um que pode substituir Ricardo Montalban, o recém falecido intérprete original do vilão.

Khaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaan!!!!!

Os roteiristas Damon Lindelof, Roberto Orci e Alex Kutzman já discutem o roteiro da continuação, e Abrams promete que o que virá a seguir não será uma versão repaginada dos episódios, mas uma sequência pensada utilizando os mesmos conceitos utilizados na série:

“Enquanto eu não quiser me aproximar do segundo filme como um remake de episódios que já vimos no passado, nada está fora dos limites em termos do que estamos discutindo. Como Bob Orci e os outros conhecem ‘Trek’ tão bem, a diversão de trabalhar com eles é que eles têm um conhecimento tão profundo desse universo que somos os únicos que estão sempre considerando o que isso significa para lidar com as coisas no passado. Assim será emocionante.”

De fato, não teria graça nenhuma jogar as tramas de episódios antigos no filme, descaradamente, a graça está mesmo em utilizar o conhecimento pré-estabelecido dos conceitos desenvolvidos por Gene Rodenberry e explorar as milhares de possibilidades que essa nova franquia, renovada, trouxe em termos de história. Estou ansioso por isso!

A Paramount Pictures já fechou com Roberto Orci, Damon Lindelof e Alex Kurtzman para escrever a sequência, e o filme está previsto para estrear no verão de 2011.

Leia mais sobre Star Trek

2 comentários em “J.J. Abrams fala sobre os rumos de Star Trek

  1. Star Trek (Jornada nas Estrelas) é um dos clássicos, bem como Get Smart (Agente 86), Jennie é um Gênio, Batman (1960), Viagem ao Fundo do Mar entre outros…e entendo essa preocupação em não repaginar a série, ou seja seria como pisar em campo minado, pois pode agradar uns pode desagradar outros em especial os trekkers (que conhecem mais do ninguem a série de fio a pavio)…Porcausa dessa história de repaginação é que infelizmente acabaram com franquias como Charlie Angels (As Panteras), Knight Rider (A Super Máquina), He-Man, etc. Acho que J.J Abrams e a Paramount estão no caminho certo e que sirva de inspiração para J. Michael Strazinski (?) dar continuidade a série Cruzade (sequência de Babylon 5)…

  2. […] Abrams já havia falado anteriormente sobre os rumos da franquia Star Trek, dadas às inúmeras alternativas que apareceram graças a […]

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: