8 Comentários

100Grana Especial: O telefone, uma importante ferramenta

Hoje se comemora o dia da grande invenção de Alexander Graham Bell, por isso nós do 100Grana decidimos revisitar alguns lugares  em que o telefone era vital.

Para quem não sabe, o 10 de março celebra o Dia do Telefone, uma ferramente que, se hoje parece banal e corriqueira, revela-se cada dia como indispensável no nosso dia. Eu realmente duvido que você consiga passar o dia sem usá-lo.

Um telefonema pode fazer de tudo: para pedir ajuda, avisos urgentes, falar com velhos amigos, ganhar prêmios, enfim, fazer a lista seria algo que tomaria muito tempo desse post. Assim, decidi fazer uma panhado de momentos em que o telefone era indispensável e marcou presença.

O gênero do terror no cinema, por exemplo, explorou muito e explora até hoje o telefone como uma ferramenta para causar medo e pânico nas vítimas que geralmente são cercadas por psicopatas ou espíritos malignos. Como não se lembrar logo de cara de, justamente, um filme como O Chamado, aonde literalmente as vítimas são avisadas de sua morte dentro de sete dias?

Ou da série Pânico (que eu, particularmente, não curto muito), aonde todo o suspense se encontra nas ligações de Ghostface? E nem vou entrar no mérito de filmes como Sexta-Feira 13, ou A Hora do Pesadelo (alguém lembra da língua de Freddy Krueger no telefone?)

Às vezes, as circunstâncias em que o telefone são usados são bem interessantes. Nunca pensei que ia curtir um filme de Joel Schumacher de novo até assistir Por um Fio, aonde  90% da ação se passa numa cabine telefônica e o personagem de Colin Farrell fica refém de Kiefer Sutherland.

Tem ainda Celular-Um Grito de Socorro, aquele no qual Kim Basinger encarna MacGuyver ao inacreditavlemente pegar os restos de um telefone quebrado e ligar para Chris Evans em busca de ajuda para se livrar de uns sequestradores. Agora, cá entre nós, se alguém me ligasse do nada avisando do jeito que aparece no filme, será que nós atenderíamos assim sem achar que era trote?

Sim, vocês realmente acham que eu não ia falar em Matrix? Pois é, um dos filmes definitivos da ficção científica explorou à exaustão o conceitode comunicação via telefone, tanto para comunicação quanto para teleporte do mundo real para o mundo virtual. Isso sem falar nos ínumeros modelos diferentes lançados, inspirados e estimulados na esteira do megasucesso que foi a trilogia (tudo bem, o terciero nem tanto). mas acho que valeu mesmo foi pelas cenas de suspense que o aparelhinho proporcionou:

Na esfera da séries de TV, muitos personagens eternizaram o aparelho a seu modo. O seriado do Batman, nos an0s 60, é um desses grandes exemplos, afinal, eu pelo menos nunca mais olhei um telefone vermelho em algum lugar sem me lembra da linha direta do Comissário Gordon com a Dupla Dinâmica. Ou o que dizer de Maxwell Smart, o Agente 86, cujo telefone não era bem um telefone, mas um sapato-fone.

O incofundível Sapato-fone

A idéia de Batman, inclusive, é claramente reaproveitada em As Meninas Superpoderosas, pois as três heroínas possuem um telefone só delas para se comunicar com o prefeito de  Townsville, não é?

E como não lembrar dos Tokusatsus, nessa primeira década do século XX, muitas séries Sentai usaram o conceito na transformação, como vimos os Magi-Phones em Magiranger (2005), ou em Boukenger (2006), mas se é para citar os heróis japoneses, escolhi citar por último aquele que começou essa onda de celular em combate, que foi o Kamen Rider 555 (2003):

Bem, agora eu deixo a encargo de vocês: que outras cenas fazem boas referências para lembrar uso do telefone na cultura pop, para lembrar do dia de hoje? E muito obrigado mesmo, Sr. Bell   🙂

Continue lendo o 100Grana e até apróxima notícia

8 comentários em “100Grana Especial: O telefone, uma importante ferramenta

  1. hauhsuhsuhsuha.
    Ri muito lembrando do Batman anos 60 quando atendia o fone, coisa mais tosca ever.

  2. Hoje é aniversário de Chuck Norris, 70 anos! Rolava um especial sobre o mito!

  3. Graham Bell inventou o telefone só pra ligar pra Chuck Norris e lhe dar os parabéns. 😀

  4. Em 2001 os Gaorangers também usaram o celular para transformar, os G-phones.

  5. que coisa idiota.
    Quero ver vc passar um dia sem cagar ou uma semana sem transar (pelo menos sexo é algo que vocês não praticam), telefone não faz falta, basta vc por isso na cabeça

  6. esqueceram do mega silver do mega ranger! ele foi o primeiro… caso n lembrem dele tentem lembrar do ranger de prata 1580 mega!

  7. Ah, é verdade, Muteky e Zorolee estão certíssimos. Bem observado os dois

  8. Bem, quanto a linha direta, aparece em um desenho do pica pau também. É o agente secreto pica pau, que ele tem que prender o Luis o espalha lixo.

    E Shunda, vai dar a…

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: