13 Comentários

Mudanças em Akira: Sai Gary Oldman, entra Ken Watanabe

Um lapso de bom senso, mas só isso.

Para não dizer que só tem sem noção trabalhando na adaptação de Akira, é meu dever informar que Gary Oldman se desligou da produção. Ele ia interpretar o Coronel, mas, de acordo com o Twitch, quem assume papel é um ator japonês.

Ken Watanabe (O Último Samurai, Batman Begins) assumiu a responsa. Isso não muda o fato de que o filme vai quebrar várias características do original, aumentando a irritação dos fãs de longa data.

Mas querem saber, como sempre diz o Vinícius Passos, “o original vai continuar lá, existindo”. Akira já era conhecido nos EUA antes, se Hollywood prefere cagalizar, problema deles não precisamos assistir se acharmos (aliás, temos quase certeza) que não vale a pena.

O filme tem roteiro de Steve Kloves e direção de Jaume Collet Serra, baseando no mangá de Katsuhiro Otomo.

Anúncios

13 comentários em “Mudanças em Akira: Sai Gary Oldman, entra Ken Watanabe

  1. Seria melhor não ter japa nenhum, pra desvencilhar de vez do original. Oras, mas que diabos… ninguém se importa, esse filme vai afundar mesmo.

  2. Gary foi esperto. E muito!

  3. Eu tomei a decisão de simplesmente boicotar qualquer adaptação que mude a etnia de um personagem… Por isso não assisti Thor, não vou ver o novo Superman e também não vou assistir essa adaptação de Akira…

  4. quase certeza? eu tenho certeza q vai ser uma bosta e vou pessoalmente destruir a moral de qqer ser humano q vir me falar q esse filme presta.

  5. Coitado do Ken Watanabe que se meteu nessa furada, maior bomba esse troço que chamam de “filme”.

  6. Fuja para as colinas do sol nascente.

  7. Eu queria saber porque sempre em todas as adaptações esses caras insistem em mudar a etnia dos personagens como, no filme do spawn que fizeram o terry branco,no demolidor fizeram o rei do crime negro, no filme do thor fizeram o heimdall um deus nórdico negro e o hogun japonês !!!

  8. ultimamente o cinema americano anda meio sem graça, ou e filme de zumbi,herois em quadrinhos sem rumo, ou entao aqueles sobre o fim do planeta sem falar nas invasoes ets,etc, etc, muito tedioso!!

  9. @Felipi de Souza

    Por causa da modinha maldita do politicamente correto… O pior é que os caras são tão cretinos que nem se esforçam para fazer isso direito… Veja o novo filme do Superman… Era só colocar o Jonh Henry Irons na bagaça que tanto negros como fãs do Superman ficariam contentes… Mas os incompetentes pegaram um personagem que existe a mais de sessenta anos e sempre foi BRANCO (até no nome) e chamaram um ator negro para o papel… Um filme desse merece o seu ou o meu dinheiro ????? De mim, essa corja não vê mais nem um centavo… Simplesmente decidi fingir que não existe filmes que façam isso… Vou assistir Batman e Homem de Ferro porque os personagens negros que estão no filme SÃO NEGROS NAS HQS e eu também não os aceitaria de outra forma… Mas não fica falando isso em qualquer lugar que sempre vai ter um IDIOTA com a mente do tamanho de um caroço de azeitona para te chamar de racista…

    Saudações…

  10. Eu concordo plenamente que esse filme “Akira” vai ser uma bomba. Akira é um nome japonês. Agora em relação aos comentários do Rudian e do Felipi, vc’s foram infelizes nos comentários, com certeza vc’s são “fã boys” fanáticos. Michael Clarke Duncan foi ótimo no papel do Rei do Crime, concerteza não acharam um ator branco, grande o suficiente para o papel. O Heimdall interpretado por Idris Elba se saiu muito bem, e o Hogun feito por Tadanobu Asano também foi muito bom. Vc’s não mencionaram o Nick Fury, que originalmente era branco e agora é negro, o Samuel L.Jackson faz muito bem o papel. Essas mudanças em relação aos filmes baseados em HQ, não afeta em nada nos filmes. Homem de Ferro teve mudança em relação ao Jarvis, que nas histórias originais era um mordomo, agora ele é um computador. Não importa a raça, desde que façam um excelente trabalho. Se não quiserem assistir, não assistem, mas nada de racismo. Isso é ignoância.

  11. Ignorância. Desculpe o erro. Digitei rápido.

  12. Ver o pessoal gritando “racista, racista” por qualquer bobagem me lembra o povo da idade média que gritava “demônio, demônio” por qualquer coisa… Passam-se os séculos, mas o ser humano continua o mesmo… Tão manipulável quanto um boneco de pano… Bendita seja o conjunto da obra de George Orwell, que não me deixou ficar desse jeito…

  13. O cara acredita mesmo que ele é um transgressor, um visionário mal-compreendido e continua se comparando ao pobre Winston Smith, que pretensão heim!… menos, meu caro. Menos. Quando muito é um projeto de Flávio Cavalcanti.

    “(…) os incompetentes pegaram um personagem que existe a mais de sessenta anos e sempre foi BRANCO (até no nome) e chamaram um ator negro (…)”

    Meu Santo Antonio de Lisboa, eu posso com uma coisa dessas?

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: