Deixe um comentário

Mais Star Wars: produtora quer filme “crível” para os espectadores.

Sim, todos ficamos felizes com a notícia da volta de John Williams à trilha de SW, contudo alguns detalhes ainda são dignos de nota e vamos compartilhar com vocês.

Ainda durante a Star Wars Celebration Europe, a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, falou sobre o andamento da produção. De acordo com entrevista cedida ao IGN, ela tem dividido seu tempo entre a Lucasfilm e a produtora Bad Robot, do diretor J.J. Abrams,  e a equipe de roteiristas.

A preocupação segundo ela, é desenvolver mais a história e os personagens, e na sua declaração, ela parece ter meio que alfinetado a indústria e os blockbusters atuais, ao dizer que eles tem um time bacana na ILM, capaz de criar grandes efeitos, mas sem personagens e roteiro, isso não quer dizer nada. Que bom ela ter consciência disso.

Aparentemente na busca pela “crivialidade”, a produtora revela que outro objetivo é se focar em combinar locações com efeitos digitais, levando em conta muito do que foi feita nos filmes mais antigos.

trioclash

Na nova trilogia, procurou-se reproduzir tudo em tela azul. Questiona-se hoje se esse recurso não foi exageradamente usado.

SWMANG

Um contraponto aos filmes antigos, que por conta dos baixos recurso da época, procuravam-se mais as locações. Segundo a produtora, a idéia é buscar um meio-termo maior entre os recursos.

Kennedy revelou ainda que usará modelos reais, que possam ser vistos ao vivo, sempre mesclados aos efeitos de CG. Cara, vou dizer que o modo como a nova trilogia e seus efeitos saíram não me incomodaram tanto, mas confesso que havia, sim, uma sensação de falso em certas cenas. Um bom exemplo é a batalha dos gungans e dróides no Episódio I. Se tivesse sido feito com filmagem em um cenário real, talvez tivesse saído melhor, parecia muito animação da Pixar ou Dreamworks olhando agora.

Por mais que eu não goste lá muito das críticas dela, lembro da Isabela Boscov, da Veja, falando que, embora os efeitos sejam superiores, às vezes fica aquela sensação de que os efeitos prontos não te livram daquele sentimento de que “nada está ali de verdade”. Mal do qual os filmes antigos não padeciam tanto.

Agora é torcer para que estes novos filmes encontrem este meio termo.

Anúncios

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: