4 Comentários

Cineliso: 100Grana relembra Top Gang- Parte 1

Se teve uma coisa que Hollywood realmente desaprendeu a fazer ao longo dos anos foi a comédia, sobretudo na forma de sátiras aos filme. Quem é mais jovem deve se lembrar claramente do que estou falando tendo como referência a série Todo Mundo em Pânico, iniciada em 2000. De lá para cá, o estilo veio ladeira abaixo com pérolas da ruindade como Super-Heróis: A Liga da Injustiça ou Os Espartalhões.

Gente achando que o gênero se limita a colocar paródias de filmes que estão rolando no mesmo ano e fazer uma piadinha marromeno e pronto.

Vamos relembrar com esse trailer:

Sim, parece papo de velho, eu sei, mas esse é um caso a se pensar se não é verdade. Honestamente, eu sinto falta da época em que nomes como Mel Brooks, Jim Abrahams, Jerry e David Zucker traziam pérolas deste subgênero, capazes de nos trazer risadas fáceis. Não era uma questão de ser inteligente ou escatológico. Às vezes, eram ambos, mas o mais importante era que sim, isso tinha graça.

Image9

Eu poderia ficar aqui citando clássicos como Apertem Os Cintos – O Piloto Sumiu, Corra que a Polícia Vem Aí ou Top Secret- Super Confidencial, mas vamos falar de uma série que surgiu no comecinho dos anos 90.

Image3

Top Gang – Ases Muito Loucos (Hot Shots, 1991), teve direção de Jim Abrahams e era uma bem humorada paródia do hit oitentista Top Gun – Ases Indomáveis, estrelado por Tom Cruise. O filme foi estrelado pelo garoto-problema favorito de todos, Charlie Sheen.

Ele era Topper Harley, um piloto de caças tão habilidoso quanto problemático, vivendo sobre a sombra da culpa que seu falecido pai (também piloto) tinha por causa de um acidente. Mesmo assim, ele é convocado para uma missão secreta de nome “Doninha Dorminhoca”, que envolve o bombardeio de alvos no Oriente Médio. Mas a operação corre o sério risco de sabotagem, por conta de um empresário interessado em desacreditar os jatos americanos e vender os dele para o governo ianque.

Image7

Enquanto tenta superar os fantasmas do passado, ele fica de rolo com a psicóloga da Marinha, Ramada Thompson (Valéria Golino, um pitéuzinho lindo que sumiu de Hollywood), a quem disputa com Kent Gregory (Cary Elwes, totalmente calcado no Iceman, personagem do Val Kilmer em Top Gun), um outro piloto que vê Harley como uma ameaça à missão. Seus únicos amigos são Pete “Pele Morta” Thompson (William O’ Leary) e Jim “Zureta” Pfaffenbach, que com um apelido óbvio desses, a gente se pergunta como ele conseguiu virar piloto.

Ele foi interpretado por Jon Cryer que, anos depois, repetiria a parceria com Sheen na série Two and a Half Man.

Jon Cryer e o veterano  Lloyd Bridges.

Jon Cryer e o veterano Lloyd Bridges.

O elenco também tinha o Almirante Thomas “Tug Benson”, o comandante da operação que é o mais desmiolado de todos, por conta dos vários órgãos que teria perdido em acidentes e em combate. Um papel memorável do falecido Lloyd Bridges, que não é estranho nos filmes de paródia, já que estrelou a série ” Apertem Os Cintos…” e seu último trabalho foi justamente uma paródia, Máfia!. Menção honrosa no elenco também para Kristy Swanson, a primeira encarnação de Buffy – A Caça Vampiros, como uma piloto.

Image4

Além da paródia óbvia com Top Gun!, o filme também brincou com o clássico do softcore 9 Semanas e Meia de Amor e um dos momentos mais engraçadas do filme envolve essa paródia. A atriz Valéria Golino garante que não tem efeitos especiais na cena em que apara com a boca uma azeitona arremessada do seu umbigo(!). Seguindo a tradição de alguns filmes de comédia do mesmo estilo, nem os créditos escapam de serem sacaneados.

Image1

Image8

Aqui uma das cenas mais “quentes” do cinema protagonizado pelo casal:

O filme também brinca com clássicos como Rocky, E o Vento Levou e Superman- O Filme, o que é interessante. O filme, ao contrário do que se vê hoje em dia nesse gênero, não se prende apenas em parodiar o que está na moda (ou estava, em 1991), mas brincar com filmes já enraizados na cultura popular americana.

E mais, o filme brinca com a imagem de Saddam Hussein, algo que, se fosse produzido hoje, dificilmente chegaria às telas do cinema sem estar cercado de polêmicas, ou coalhado de críticas de grupos conservadores. Fora os protestos que provocaria no Oriente Médio, hoje tão ou mais conturbado que naquela época.

Image2

O filme foi extremamente recebido por crítica e público, tendo estreado em primeiro lugar nos cinemas. Na versão dublada, nomes como de Marco Ribeiro, José Santa Cruz, Ettore Zuim, Marco Ântonio, Hélio Ribeiro e Jorge Lucas vários outros deram um show à parte.

Image5

O sucesso foi tão grande que rendeu uma continuação, que o Cine Liso exibe este mês, da qual falaremos mais logo.

LEMBRANDO QUE:

1619253_589819031101074_203717849_n

4 comentários em “Cineliso: 100Grana relembra Top Gang- Parte 1

  1. porra mano fiquei rindo a beça com esse review do top gang : ases muito loucos me deu uma sensação de nostalgia tbm , e realmente os filmes de comedia perderam mto a qualidade nos dias de hj se resumindo a parodias toscas como as citadas acima .

  2. Esse filme foi um sarro, bem como Top Gang2, a trilogia Corra que a políca vem aí, Loucademia de polícia, Spaceballs, Apertem o Cinto…o piloto sumiu, etc…Off.: Pena que humoristas talentosos como Leslie Nielsen, LLoyd Bridges e cia não deixaram “sucessores” a sua altura e hoje temos que aguentar os “Adam Sandler da vida” com suas piadas sem graças, ou decadentes como Eddy Murphy e cia…Off.: Pena que no Brasil perdemos ao longo do tempo, ótimos humoristas como Costinha, Chico Anysio,Zacarias, Mussum, etc e gente como Renato Aragão estão se aposentando…

  3. Falou tudo. Hoje em dia, nem o Adam Sandler consegue fazer filmes de comédias decente. Por isso querem fazer o Reboot de Naked Gun, mas sem Leslie Nielsen, não sei não…

  4. […] Sérgio Fiore já começou um especial sobre o filme e as informações sobre a Parte I foram publicadas aqui. A segunda parte será publicada nesta segunda-feira […]

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: