1 comentário

100Grana Investiga: Teorias sobre a escolha de Paul Bettany como o Visão de “Avengers The Age of Ultron”

Por Diego Andrade

Paul Bettany, o ator que desde 2008 é a voz de J.A.R.V.I.S, a inteligência artificial que acompanha Tony Stark, agora será o herói androide conhecido como Visão.

Paul Bettany

Paul Bettany também é, desde 2008, a inteligência artificial J.A.R.V.I.S

Aliás, para quem só acompanha os filmes e está por fora dos quadrinhos, o Visão é um dos importantes membros dos Vingadores e seu personagem possui grande inspiração no Caçador de Marte e Tornado Vermelho da DC Comics. Ele é um androide construído por Ultron e seu nome vem da “Visão” de futuro que o Ultron tem para o planeta. Sua relação e função com Ultron eram as mesmas do Surfista Prateado e Galactus: ser um arauto da destruição.

Ultron e Visão.

Visão e Ultron.

No entanto, por ser uma inteligência que está constantemente em evolução, ele percebe que destruir a humanidade é errado e se une aos Vingadores com o objetivo de se tornar cada vez mais humano.

A mesma história já foi contada dezenas de vezes com várias versões, incluindo citações a reformulação do corpo do primeiro Tocha (ele não era humano) até a transferência de mente de alguns personagens para o corpo do androide. Ainda está no currículo do herói uma relação duradoura com a Feiticeira Escarlate. Eles até tiveram filhos. Loucuras dos quadrinhos. Deixem pra lá.

Dizem que as mulheres têm uma queda por caras frios e distantes. Seria um androide o homem perfeito?

Dizem que as mulheres têm uma queda por caras frios e distantes. Seria um androide o homem perfeito?

Até então, já era esperado o anúncio do personagem no novo filme dos Vingadores, incluindo uma forte tendência para que o agente Coulson se tornasse  o Visão, tendo em vista que ele não está morto – e nem vivo, de acordo com a série Agents of Shield – então, era de se imaginar que a consciência de Coulson fosse transferida para o androide. Vin Diesel também foi cotado para o papel, mas já está confirmado que ele será um dos Guardiões das Galáxias (a voz do Groot).

Tinha tanta gente empolgada com a ideia que até fizeram um modelo para imaginar a versão Coulson Vision.

Tinha tanta gente empolgada com a ideia que até fizeram um modelo para imaginar a versão Coulson Vision.

Essa hipótese foi descartada com a confirmação de Paul Bettany para o papel. No entanto, a partir deste momento já podemos expor algumas novas teorias tendo como base principalmente os fatos ocorridos em Iron Man 3:

  • Tony Stark – em tese – aposentou o Homem de Ferro ao retirar o reator Ark do peito e decidiu se dedicar às suas criações. A principal teoria é a de que ele será responsável pela criação do próprio Ultron. Além de várias histórias que temos com Tony tentando criar tropas robotizadas de segurança – que deram muito errado – Tony pode usar o próprio J.A.R.V.I.S para gerar uma inteligência similar que coordene a segurança do planeta. Essa inteligência fugiria do controle e se tornaria Ultron, desencadeando um conflito mundial pela sobrevivência da humanidade. E claro, o retorno do Homem de Ferro.
  • As evidências que temos para isso? O final de Iron Man 3, no qual Tony afirma que será o “mecânico” ao invés do Homem de Ferro e o teaser de Avengers – Age of Ultron liberado na Comic Con 2013. Nele  ouvimos os Vingadores falando de seus problemas enquanto o capacete do Homem de Ferro é retorcido e distorcido até se transformar no sinistro Ultron. A própria deformação do capacete representa a distorção das ideias e intenções de Tony Stark que se transformarão no Ultron.

Este vídeo possui legendas. É só escolher a tradução para português no canto do vídeo.

  • A priore, acreditamos que o J.A.R.V.I.S poderia se tornar o Ultron, mas desde que James Spader foi confirmado como a voz do vilão, esta hipótese foi descartada. Ao que tudo indica, como foi falado a pouco, o Ultron pode ser uma tentativa de replicar  J.A.R.V.I.S com a intenção de criar um sistema de vigilância global. Daí, quando tudo isso falhar, Stark pode tirar um plano B da cartola: o “protocolo Visão”.
  • O plano B consistiria em J.A.R.V.I.S assumir uma forma física em um corpo feito pela tecnologia Stark e demais inovações que Tony deve ter conseguido com a Shield e pós-invasão alienígena. A função do Visão será nivelar a luta contra Ultron, pois como a maioria da histórias mostram, Ultron controla toda a tecnologia da Terra e em poucos dias consegue exterminar quase todos os heróis do planeta.
O fã e artista Edwin Torres Jr. fez esta ilustração de um possível visual de Paul Bettany como o Visão.

O fã e artista Edwin Torres Jr. fez esta ilustração de um possível visual de Paul Bettany como o Visão.

É bom lembrar que não há confirmação de que J.A.R.V.I.S será transformado no Visão. O ator pode interpretar os dois personagens de formas distintas. Isso é uma prática comum em vários filmes. É só lembrar do anão Gimli e do Barbávore, ambos interpretados por John Rhys-Davies.

MAS a nossa função é desconfiar, discutir e especular. Afinal,  Joss Whedon e a Marvel Studios já provaram que são capazes de surpreender bastante o público. Eles escorregaram bastante em Iron Man 3, perceberam os seus erros e melhoraram em THOR 2.

Inclusive produziram um mini documentário fictício sobre o vilão cômico Travis, que dará uma nova interpretação sobre o final de Iron Man 3, indicando que existe um Mandarim e que ele ficou fulo da vida ao saber da sacanagem que fizeram com seu “santo-sagrado” nome de líder terrorista.

Assista aqui o teaser do documentário:

Tem gente que odiou a ideia, outros acharam uma inovação. Eu acredito que isso é a prova de que o estúdio está atento ao público e a qualidade do que está produzindo. Minha principal crítica a esta nova fase da Marvel é, justamente, o peso do contrato Disney.  Jon Favreau largou a franquia Homem de Ferro não por conflito de agenda (desculpa mais velha de Hollywood). Ele deixou o projeto por não poder seguir uma linha adulta com o personagem, como foi visto em Homem de Ferro II: gênio, egoísta, impulsivo, alcoólatra e auto destrutivo.

A ideia do terceiro filme era mostrar Tony afundando no alcoolismo (Demônio na Garrafa) sem conseguir lidar com a pressão pós-invasão alienígena. As crises de ansiedade e a insônia seriam um plus a todo este cenário. O herói estaria quebrado por dentro e deveria achar uma maneira de consertar sua personalidade auto destrutiva. MAS tudo isso foi descartado e virou uma sequências de piadas como você bem devem lembrar. A Disney já avisou que não permitirá cenas de extrema violência, referências explicitas ao álcool, sexo, drogas, etc.

Alguém imagina assistir algumas dessas cenas nos novos filmes da Marvel-Disney novamente? Tony mijando na própria armadura (aliás, tentem achar essa cena no Youtube. Ela foi quase extinta) ou amanhecer vestindo a armadura vomitando num banheiro de avião. Sem falar na cena em que quase rola uma menage com duas modelos. Aliás, a cena deixa claro que ela continuaram, enquanto Tony saia para salvar o dia.

Tony  Stark vomitando toda sua ressaca na cena de abertura deletada de Iron Man 2.

Tony Stark vomitando toda sua ressaca na cena de abertura deletada de Iron Man 2.

E vocês? O que acham das teorias? Quais as teorias de vocês?

Anúncios
1 comentário

Trailer do Cineliso V: TOP GANG II – A Missão

Caso você tenha chegado agora ao planeta Terra e não saiba, no dia 15 de fevereiro, nós exibiremos TOP GANG II – A MISSÃO dublado no Líbero Luxardo.

1619253_589819031101074_203717849_n

O filme marca a quinta sessão do Cineliso, uma sessão mensal e gratuita promovida pelo blog 100Grana em parceria com o Cine Líbero Luxardo, que traz grandes clássicos da sessão da tarde – dos anos 70, 80 e 90 de volta ao cinema para uma única sessão. Todas as sessões são lotadas e a gente se diverte bastante assistindo, além do filme, vários comerciais e aberturas antigas. E como somos MUITO bacanas, ainda rola um quiz de pergunta e respostas. Quem ganha leva um pôster para casa.

Agora assista ao trailer especial que nós fizemos para o evento:

Edição do Alexandre Yuri.

O Sérgio Fiore já começou um especial sobre o filme e as informações sobre a Parte I foram publicadas aqui. A segunda parte será publicada nesta segunda-feira (11).

Leia mais sobre o Cineliso aqui.

Deixe um comentário

Top 5 100Grana: As Melhores Músicas de Trilha Obrigatória

Por Sérgio Fiore

Sabe aquela música tão legal, que você sempre quer ter na sua coletânea, mas que sempre aparece em tanto lugar, quase como aviso institucional? Você só não enjoa porque você realmente gosta, pelo menos das que você conhece. Mas confiram aqui comigo.

5) Survivor – Eye of The Tiger pra falar de luta

Toda esta publicação foi uma desculpa para publicarmos esta foto. Obrigado.

Toda esta publicação foi uma desculpa para publicarmos esta foto. Obrigado.

Para você que nunca viu, aqui está o clipe original sem cenas do Rocky:

Tudo começou com Rocky III. Apollo Creed disse que Rocky precisava ter o olho do tigre e, desde 1982, toda e qualquer competição de boxe, oficial, esquete de humor, protesto na porta de faculdade, etc. tem survivor na trilha sonora. Ah, sim, agora, até no UFC usam essa trilha de vez em quando. E a poesia se perde.

Agora sim, a versão Rocky, ou seja a melhor trilha de espancamento gratuito dos anos 80:

Bônus: Dean Winchester dublado Eye of The Tiger

4)Queen – We Are The Champions: o eterno tema da vitória

Essa também entra direto na área dos esportes, mas muitas vezes, alguns telejornais extrapolam e colocam essa trilha em tudo que é lugar, até em corrida de jegue. Os donos de cursinho de vestibular deviam pagar uma soma vitalícia para Brian May e cia. Só acho.

Para variar, vamos assistir a versão ao vivo. Um espetáculo.

A música também pode servir para o momento de vitória do Mordecai quando vence a sua friendzone me “Apenas um Show”

3)Marvin Gaye – Let`s Get it On pra falar de sexo

Sedução, e tudo que ocorre em seguida. Escolher uma única música dele é complicado, a própria “Sexual Healing” também poderia ser citada, assim como boa parte da discografia dele. Mas pare e lembre quantas vezes você já ouviu o começo dessa música em filmes quando alguém estava prestes a…Vocês sabem…Get it On!

2)Van Halen – Jump para falar de esporte, verão e saúde

Bora fazer uma experiência a longo prazo? Vamos esperar as férias de julho, quando os caras começarem a falar de Surf, esportes de verão, no melhor estilo Esporte Espetacular e comprovar o que digo? Dêem uma busca. Pelo que eu me lembro, durante um bom tempo, especialmente nos anos 80, sempre que se via uma matéria esportiva que envolvesse praia e afins, começava o “Tam tam tam tam tam taaaaaam”

P.s: Sérgio Fiore ouve esta música todos os domingos de manhã.

1) Kylie Minogue – The Locomotion, para comédias

Nós, que fazemos o Cine Liso, perdemos a conta de quantas vezes vimos comerciais da Sessão da Tarde. Nesse meio tempo, igualmente perdemos a conta de quantas comédias, oitentistas ou não, tiveram essa trilha no comercial. Agradecimentos ao Ivan Davis, que me ajudou a lembrar qual era essa música.

Menções honrosas também para You Are The One e Touchy, do A-ha, Careless Whisper, do George Michael, que vocês provavelmente ouvem muito por aí na TV. E uma em especial que vocês ouviram muito no início dos anos 90 e agora voltou com toda a brutalidade no teaser de Mercenários. O tema da Ponte do Rio Qwai:

Até a próxima semana com mais um TOP5 100Grana!!!

1 comentário

[ATUALIZADO] Filmes da Semana na Tv Aberta: Globo sacana mudando toda a programação

FILMES DA SEMANA

A Globo é uma safada e alterou TODA a programação dos filmes da semana. FAZEROQUENEAMCOLEGAN? A gente se vê por aqui.

Quarta, 05 de fevereiro

Sob a Mesma Lua (Globo, 16h01)

De Patricia Riggen. Com Adrian Alonso, Kate del Castillo, Eugenio Derbez, Maya Zapata, Carmen Salinas, Angelina Pelaez. Com a esperança de garantir um futuro melhor para seu filho, Carlitos, Rosário sai do México e vai trabalhar ilegalmente nos Estados Unidos. O menino fica aos cuidados de sua avó. Mas quando esta morre, o garoto embarca em uma jornada para cruzar a fronteira americana em busca da mãe.

Quem esse moleque acha que é? O FIEVEL?

Quinta, 06 de fevereiro

Minha Noiva de Mentira (Globo, 16h07)

De Gil Junger. Com Melissa Joan Hart, Joseph Lawrence, Nicole Tubiola, Diane Neal, Steven R Schirripa, Burgess Jenkins. Jennifer e Vince, dois desconhecidos, chegam a conclusão de que o casamento e uma excelente opção para conseguir dinheiro e bons presentes. Assim, organizam um casamento falso, sem imaginar as consequências.

Ninguém liga com quem você vai casar, Sabrinaprendizdefeiticeira.

Sexta, 07 de fevereiro

Doze É Demais 2 (Globo, 15h57)

De Adam Shankman. Com Steve Martin, Bonnie Hunt, Carmem Electra, Taylor Lautner, Hilary Duff, Eugene Levy, Tom Welling. Tom e Kate são os chefes da família Baker que tem doze filhos. O casal precisa agora lidar com o afastamento de alguns deles e, tentando reunir a família uma última vez, tom propõe que todos passem uma temporada de férias em uma casa a beira do lago onde já haviam se hospedado anos atrás. Lá, eles reencontram velho rival que discorda do modo como tom educa seus filhos.

Todos de parto normal.

Da Magia à Sedução (SBT, 23h)

De Griffin Dunne. Com Sandra Bullock / Nicole Kidman / Dianne Wiest / Aidan Quinn. Dotadas de poderes mágicos, as Owens há séculos sofrem com uma maldição: todos por quem se apaixomam, vivem pouco!! Sally tenta levar uma vida normal e não quer nem ouvir falar em feitiços! Já sua irmã Gillian gosta de curtir a vida com um pouco de “magia”! O envolvimento delas na morte do namorado de Gillian mexe com suas vidas, e até pode quebrar a velha maldição!

Toda mulher já teve uma fase meio “bruxa”, seja com o tarot que vinha na Capricho ou assistindo esse filme desejando “Margaritas à Meia Noite” ou fazendo o ritual do amor verdadeiro. 

Terminou, filmes atualizados com gifs e comentários mal-humorados por que:

Até mais, queereedjeeenhos.

4 Comentários

Cineliso: 100Grana relembra Top Gang- Parte 1

Se teve uma coisa que Hollywood realmente desaprendeu a fazer ao longo dos anos foi a comédia, sobretudo na forma de sátiras aos filme. Quem é mais jovem deve se lembrar claramente do que estou falando tendo como referência a série Todo Mundo em Pânico, iniciada em 2000. De lá para cá, o estilo veio ladeira abaixo com pérolas da ruindade como Super-Heróis: A Liga da Injustiça ou Os Espartalhões.

Gente achando que o gênero se limita a colocar paródias de filmes que estão rolando no mesmo ano e fazer uma piadinha marromeno e pronto.

Vamos relembrar com esse trailer:

Sim, parece papo de velho, eu sei, mas esse é um caso a se pensar se não é verdade. Honestamente, eu sinto falta da época em que nomes como Mel Brooks, Jim Abrahams, Jerry e David Zucker traziam pérolas deste subgênero, capazes de nos trazer risadas fáceis. Não era uma questão de ser inteligente ou escatológico. Às vezes, eram ambos, mas o mais importante era que sim, isso tinha graça.

Image9

Eu poderia ficar aqui citando clássicos como Apertem Os Cintos – O Piloto Sumiu, Corra que a Polícia Vem Aí ou Top Secret- Super Confidencial, mas vamos falar de uma série que surgiu no comecinho dos anos 90.

Image3

Top Gang – Ases Muito Loucos (Hot Shots, 1991), teve direção de Jim Abrahams e era uma bem humorada paródia do hit oitentista Top Gun – Ases Indomáveis, estrelado por Tom Cruise. O filme foi estrelado pelo garoto-problema favorito de todos, Charlie Sheen.

Ele era Topper Harley, um piloto de caças tão habilidoso quanto problemático, vivendo sobre a sombra da culpa que seu falecido pai (também piloto) tinha por causa de um acidente. Mesmo assim, ele é convocado para uma missão secreta de nome “Doninha Dorminhoca”, que envolve o bombardeio de alvos no Oriente Médio. Mas a operação corre o sério risco de sabotagem, por conta de um empresário interessado em desacreditar os jatos americanos e vender os dele para o governo ianque.

Image7

Enquanto tenta superar os fantasmas do passado, ele fica de rolo com a psicóloga da Marinha, Ramada Thompson (Valéria Golino, um pitéuzinho lindo que sumiu de Hollywood), a quem disputa com Kent Gregory (Cary Elwes, totalmente calcado no Iceman, personagem do Val Kilmer em Top Gun), um outro piloto que vê Harley como uma ameaça à missão. Seus únicos amigos são Pete “Pele Morta” Thompson (William O’ Leary) e Jim “Zureta” Pfaffenbach, que com um apelido óbvio desses, a gente se pergunta como ele conseguiu virar piloto.

Ele foi interpretado por Jon Cryer que, anos depois, repetiria a parceria com Sheen na série Two and a Half Man.

Jon Cryer e o veterano  Lloyd Bridges.

Jon Cryer e o veterano Lloyd Bridges.

O elenco também tinha o Almirante Thomas “Tug Benson”, o comandante da operação que é o mais desmiolado de todos, por conta dos vários órgãos que teria perdido em acidentes e em combate. Um papel memorável do falecido Lloyd Bridges, que não é estranho nos filmes de paródia, já que estrelou a série ” Apertem Os Cintos…” e seu último trabalho foi justamente uma paródia, Máfia!. Menção honrosa no elenco também para Kristy Swanson, a primeira encarnação de Buffy – A Caça Vampiros, como uma piloto.

Image4

Além da paródia óbvia com Top Gun!, o filme também brincou com o clássico do softcore 9 Semanas e Meia de Amor e um dos momentos mais engraçadas do filme envolve essa paródia. A atriz Valéria Golino garante que não tem efeitos especiais na cena em que apara com a boca uma azeitona arremessada do seu umbigo(!). Seguindo a tradição de alguns filmes de comédia do mesmo estilo, nem os créditos escapam de serem sacaneados.

Image1

Image8

Aqui uma das cenas mais “quentes” do cinema protagonizado pelo casal:

O filme também brinca com clássicos como Rocky, E o Vento Levou e Superman- O Filme, o que é interessante. O filme, ao contrário do que se vê hoje em dia nesse gênero, não se prende apenas em parodiar o que está na moda (ou estava, em 1991), mas brincar com filmes já enraizados na cultura popular americana.

E mais, o filme brinca com a imagem de Saddam Hussein, algo que, se fosse produzido hoje, dificilmente chegaria às telas do cinema sem estar cercado de polêmicas, ou coalhado de críticas de grupos conservadores. Fora os protestos que provocaria no Oriente Médio, hoje tão ou mais conturbado que naquela época.

Image2

O filme foi extremamente recebido por crítica e público, tendo estreado em primeiro lugar nos cinemas. Na versão dublada, nomes como de Marco Ribeiro, José Santa Cruz, Ettore Zuim, Marco Ântonio, Hélio Ribeiro e Jorge Lucas vários outros deram um show à parte.

Image5

O sucesso foi tão grande que rendeu uma continuação, que o Cine Liso exibe este mês, da qual falaremos mais logo.

LEMBRANDO QUE:

1619253_589819031101074_203717849_n

1 comentário

Assista agora o novo trailer de Captain America: The Winter Soldier

Mais imagens do Soldado Invernal, Falcão Negro e um Capitão América muito mais combativo do que nos filmes anteriores. Os trailers até o momento não estão decepcionando:

capitao

Aguardem pela análise que o Sérgio Fiore fará deste trailer. Afinal, dentre os membros do 100Grana, o Sérgio é fã de carteirinha, caderno, lancheira e lápis de cor do Capitão América.

E aí? O que acharam do trailer?

Deixe um comentário

Fãs fazem piada com a escolha de Jesse Eisenberg para Lex Luthor

Com a divulgação de que Jesse Eisenberg viverá Lex Luthor e Jeremy Irons será Alfred em “Batman Vs. Superman, meio mundo correu para os fóruns e páginas de facebook para gritar “MÁ QUÊ QUÉ ISSO?”. E claro, a avacalhação em cima da escolha não demoraria a acontecer.

Obviamente, ninguém duvida do talento e carreira de Jeremy Irons e provavelmente, ele será um dos poucos a levar dignidade a este filme. Mesmo tendo cometido péssimas escolhas como Eragon, isso não desfaz o talento do ator.

Já Jesse Eisenberg… Até o momento só interpretou ele mesmo em todos os seus filmes. Todos. Difícil esperar algo realmente digno de um Lex Luthor vindo dele. E por favor, não venham comparar a escolha do Heath Ledger com a de Jesse. A carreira de Ledger (pré-Batman) dá uma surra de vara de goiabeira no “atual Lex Luthor”.

Zack Snyder e seu “jeitinho visionário” de ser ainda vão aprontar muito. Esse filme está a cada mês se tornando uma caixinha de polêmicas.

Então, olhem só essas mutações que inventaram com a cara de Jesse. Incluindo até uma tríade de vilões clássicos do Morcego seguindo a versão Jesse Luthor:

E você? O que achou da escolha de Eisenberg para o papel de Lex Luthor? Conta pra gente!

%d blogueiros gostam disto: