6 Comentários

100Grana viu: Detona Ralph

Filme Detona Ralph – Dublado-www.filmesonlineflv.net

A fórmula é batida, mas isso passa quase despercebido quando se executa uma grande animação que homenageia várias gerações de gamers ao mesmo tempo.

Eu estava com vontade de ver esta animação faz algum tempo. Originalmente, eu estava indo assitir  A Viagem (Cloud Atlas), mas os ingressos esgotaram e quando falaram em ver Detona Ralph, topei na hora porque estava com uma curiosidade monstruosa para ver o trabalho do diretor Rick Moore, que tme em seu currículo animações como Duck Dodgers, Os Simpsons e Futurama.

Wreck-it_Ralph

A trama é a seguinte: Sucesso há 30 anos, o jogo Félix Conserta Jr comemora em grande estilo com todos os personagens. Ou melhor, quase todos. Vivendo em um lixão ao lado, e  sem sequer convidado para as festividades, está Ralph, um gigante  mal vestido que é o vilão do jogo. Ele não é exatamente mal, mas depois de 30 anos sendo jogado de prédios, fazendo o seu trabalho e sem receber ao menos um agradecimento, Ralph começa se incomodar com o papel que o jogo lhe reservou. E nem mesmo as sessões de terapia com outros vilões de jogo (realizadas, vejam vocês, na casinhal central dos fantasminhas do clássico Pac-Man) parecem lhe devolver o sossego. Ao ser rechaçado mais uma vez pelos personagens de seu jogo, Ralph decide tomar as rédeas de seu destino e fazer o impensável: abandonar o jogo atrás de um novo papel, que lhe ofereça um pouco mais de reconhecimento. Mas ao fazer isso, ele está criando uma encrenca além da sua imaginação.

wreck-it+ralph

O roteiro, se a gente pensar um pouco, tem a mesma estrutura de um Shrek, por exemplo: Alguém que é relegado à um imagem repulsiva, e um tanto quanto obscura, e até parece confortável com ela, mas em um determinado momento, percebe que pode ser mais do que aquilo, mesmo sendo quem é, se tiver uma oportunidade. Sim, o filme é daqueles com mensagem, e isso não é uma coisa ruim, exatamente. É sempre importante que se possa extrair algo de um roteiro. E mais: a trama apresenta boas reviravoltas, indagações e pistas são jogadas ao longo do filme, e isso cria um envolvimento interessante. Em um determinado momento, parecemos saber o que estamos vendo, mas logo adiante, há algo que remexe o contexto.

O CG, a linguagem da animiação em si também é bem feita, respeitando inclusive a lógica dos games na movimentação de alguns personagens. Se nota isso quando obervamos os personagens do jogo do Félix, e também nos outros mundo que Ralph visita.

Mas a grande atração do filme são mesmo as referências de jogos. Detona Ralph é um cata-piolho animado, um prato cheio para os amantes de todos os games, independente de geração e estilo. O cenário mais interessante nesse sentido é a estação, aonde todos os personagens se encontram. Dá vontade de mandar o projetista voltar o filme e passar em slow, para que se possa ver tudo. E foi assim que me convenci a adquirir o DVD quando sair. Nem quero pensar quanto a Disney deve ter pago pra Sega, Nintendo, Konami, Namco e afins.

Veredicto final: assitam e se divirtam. E claro, se você não está familiarizado com o mundo dos games, vai se divertir assim mesmo, porque a história é muito boa, mesmo com um conceito mais do que batido no estilo monstro-que-quer-ser-herói-e-aprende-a-ser, mas é aquela coisa: não é o que se comunica, mas como.

MariMoon-Rafael-Cortez-e-Tiago-Abravanel-dublam-o-desenho-Detona-Ralph

E para encerrar: ouvi muita críticas em relação à dublagem, e posso dizer à vocês  que, a meu ver as críticas negativas não são justificáveis. Thiago Abravanel como Ralph, Marimoon como Vanelope e Rafael Cortez como Félix se saíram bem, além do esperado. Sem hipocrisia, a direção de dublagem está muito boa. E é importante compartilhar o depoimento do Cortez (extraído do Pink Vader, que aliás postou uma matéria interessante sobre essa controvérsia), sobre dublar sem ser dublador:

“Na hora em que recebi o convite pensei que se eu fosse um dublador profissional eu ficaria muito puto de ver um babaca qualquer roubando meu trabalho e ganhando mais do que eu. Mas depois de ter ralado tanto, terem exigido tanto de mim e ter visto o resultado final eu posso bater no peito e falar que me orgulho muito desse trabalho, ficou foda!”

Checkpoint pra Disney

Cotação: 9,00, porque achei imperdoável numa animação sobre games a ausência do Mário.

Anúncios

6 comentários em “100Grana viu: Detona Ralph

  1. Eu te disse que era um grande homenagem aos gamers.
    E Sérgio, é protecionista XD
    Te aguardo pro Django essa semana o/

  2. O diretor falou que deixaram o Mario de propósito para a continuação.

  3. Eu discordo completamente do texto.

    Detona Ralph tinha potencial, um bom time por trás, conseguiu inúmeras licenças de personagens queridos pelo mundo todo e o que fez? Caiu na mesmice dos filmes de animação que não ousam, que seguem uma fórmula batida, desgastada.

    ****Spoilers****

    As cenas iniciais de Detona Ralph, mostrando a personagem principal em uma sessão de terapia com ilustres companheiros como M. Bison e Bowser demonstrava que realmente os games seriam o foco d história, mas isso é enganação. O filme usa os games como uma SKIN… um MOD… eles não são centrais a história… apenas estão lá… claro que tem uma cena ou outra que é legal (por exemplo, quando Ryu e Ken terminam o dia de pancadaria e vão pro bar tomar umas geladas).
    A história desse filme copia elementos de vários outros, por isso disse que não inova em nada. E pior, depois que entra naquele mundo de doces ao estilo Mario Kart aí que a história abandona completamente o seu lado gamer e vira apenas mais um genérico.

    O filme é uma animação mediana e usa mal o potencial que tinha, as refrências são fracas e seus personagens queridos USADOS EXAUSTIVAMENTE na divulgação aparecem por menos de 30s (isso somando o tempo em tela de todos, TODOS!).

    Detona Ralph… apenas uma animação caça níquel com uma SKIN ou MOD de games. Nada mais.

  4. Concordo com o Fernando. A partir do momento que o filme entra na corrida doce, eles abandona muito da temática e vc até esquece como é o mundo da história. É como se fossem dois filmes diferentes. Além de tudo, a lição de moral no final foi bem terrível, onde todo mundo simplesmente se dá bem e metade dos personagens não parecem ter aprendido nada, apenas se deram bem.

  5. Gostei das homenagens aos games antigos como Qbert e Pac Man. Mas só. Depois que entra no jogo da corrida doce, vira um desenho comum.

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: