13 Comentários

The Dark Knight Rises: Fotos e vídeos das filmagens em Nova York

Para quem acompanha cada passo da produção, um prato cheio.A gente ficou um tempoinho sem falar deste filme, mas saiu uma cacetada de coisas este fim de semana lá das filmagens de The Dark Knight Rises em Nova York. Tem fotos de Batman (de novo em plena luz do dia), Bane, e de Nixon, personagem do Mathew Modine,  do Bat Wing, além de uma nova rodada de vídeos das mesmas locações. Vamos as fotos, via Comming Soon:

Agora vamos aos vídeos. Todos mostrando confrontos da polícia na área de Wall Street. E o Tumbler lá no meio. Não vejo tanta agitação assim nessa locação desde Duro de Matar- A Vingança:

O que eu entendo veja essas imagens diurnas é que a coisa chegou num nível tão periclitante em Gotham que o Batman não pode mais agir nas sombras. Épico à vista!

Christian Bale, Michael Caine, Gary Oldman, Morgan Freeman, Tom Hardy, Anne Hathaway, Marion Cotillard, Joseph Gordon Levitt e Juno Temple. estão no elenco. Dirigido por Christopher Nolan, The Dark Knight Rises está previsto para 27 de julho de 2012 no Brasil, uma semana depois de estrear nos EUA.

13 comentários em “The Dark Knight Rises: Fotos e vídeos das filmagens em Nova York

  1. Cacildis!! Isso vai ser foda… parece até o complexo do Alemão! Agora sério, achei do caralho essa porradaria… de arrepiar! Gotham sitiada.

  2. Quem é o Darth Sidious ao lado do Bane?

  3. Li em algum lugar que através de uma tecnologia parecida com a utilizada Benjamin Button e Capitão América, vão deixar o Bane grandão, que nem nos quadrinhos (sério, não é trollagem dessa vez). Esses caras dispõe mesmo de muita paciência, não sei bem como é feito, mas imagina aumentar uma pessoa digitalmente no meio dessa multidão.

  4. Apolo, se for verdade vai ficar interessante… se aproximará mais do universo fantástico dos quadrinhos, o que é bom! Mas como o Nolan, que é dado ao “realismo”, vai encarar essa?

  5. Voces sabem quando a gente está na rua em um calor de 40 graus, louco de sede, e quando chega em casa, bebe mais agua do que é necessário e acaba tendo um mal estar ???? É mais ou menos assim que eu as vezes me sinto com os filmes do Batman do Nolan… Eu sempre quis um Batman sério nos cinemas (porque me tornei fã do morcego por causa de Neal Adams e Frank Miller e sempre detestei o lado Adam West da força), mas o Nolan exagera nessa historia de realismo… Gosto muito dos dois filmes, mas não vejo nada demais em se colocar elementos fantásticos como a Batcaverna, o poço de Lázaro ou até referencia a outros heróis da DC… Seria demais para mim, com fã, ver Bruce Wayne dizendo que vai a Central City a negócios ou que as empresas Wayne não negociam com a Lexcorp…
    Este é o último filme desta série e eu desejo toda sorte do mundo (com certeza vou estar no cinema no dia de estréia como fiz em TDK)… Mas espero que a nova cinesérie do morcego pareça mais com um filme do Batman e menos com um filme policial, quebrando também esse paradigma da aparência do Batman no cinema criado pelos filmes do Tim Burton… Eu gostaria de ver o morcego com um visual semelhante ao mostrado no filme de fã “Batman: sem saída”…

    Saudações a todos os fãs do Cavaleiro das Trevas…

  6. Eu acho que quadrinho é quadrinho e cinema é cinema. Gosto dos filmes novos do Batman, gosto muito, acho que existe uma babação exagerada nos testículos do sr Christopher Nolan, que é sim um excelente diretor, mas quando vejo a adoração em torno desse filme, tenho a sensação de que a molecada nunca viu um filme do Martin Scorsese, Arhtur Penn, Michael Mann…

    Muito antigos? Recomendo então o filme Os Reis da Rua (Street Kings – David Ayer, 2008) com Keanu Reeves, Forest Whitaker e Capitão América…

    Acho muito legal esse trabalho do Chris Nolan com o Batman, mas não acho de maneira alguma que os filmes pecam pelo Realismo… como já disse outras vezes aqui, Realismo é outra coisa…

    Por fim, gosto do “Adançarino” West e suas onomatopéias, do Michael Keaton, das HQs do Frank Miller pro Batman (acho que foram as únicas coisas realmente boas que ele fez, detesto 300, Sin City, toda essa bosta aí), dos desenhos animados, etc. E apesar de nunca ter me agradado, não tenho nada contra o circo do Joel Schumacher.

    Acho que como todo personagem mítico, como Guilherme Tell, João do Pé de Feijão e Jesus Cristo, Batman pode e deve ser explorado pela cultura pop e pela arte de toda forma.

    O ícone já se tornou maior que o personagem, a ponto de não ser o Batman de Bob Kane o verdadeiro; nem o do Nolan; nem do Frank Miller; nem do Tim Burton. Mas o Batman é como um Carlitos que não pertence mais a Charles Chaplin: às vezes ele é do Didi, ou do Chapolin Colorado. O Batman é que nem o Brasil: tem várias faces. Você pode escolher a(s) leitura(s) que te agrada(m) mais. 🙂

  7. Essa discussão do traje do batman é infinita. Cada um tem uma preferência e por isso nenhuma adaptação vai agradar a todos. Pra mim, é como disse o Apolo: quadrinho é quadrinho e cinema é cinema!

    E no cinema o batman tem que usar armadura. É completamente ridículo um sujeito com recursos infinitos usar um uniforme de tecido pra combater o crime! Não precisa ser uma armadura tão feia quanto a usada em TDK. Talvez uma parecida com a do jogo batman arkhan city que é um traje parecido com a das HQs, mas da pra ver que é rígida.

    Sobre o realismo dos filmes do nolan, acho sensacional porque tem tudo a ver com o universo do batman! O ponto fraco dessa abordagem é que alguns vilões legais, como sr. gelo, hera venenosa e outros, não teriam espaço justamente por serem fantasiosos demais.

  8. Eu acho bacana não a idéia de uma armadura, que PESA, mas de um traje militar. Já viram a tecnologia que o Tio Sam planeja pras próximas guerras?? Não está no gibi! Mas poderia estar, daria boas histórias…

    As heroínas também não precisam ser tão gostosas nem usar roupas mínimas (êêê, cala a boca, Apolo…)

    @Rafael, em Coringa, HQ do Brian Azzarello e daquele outro cara que desenha muito, fizeram uma abordagem mais crível para o Crocodilo… que caberia nos filmes do Nolan e eu achei bem legal.

  9. Sobre vilões e o realismo fílmico:

    Senhor Frio (Mr. Freeze) ele só é ridículo quando inventam tosquices como arma congeladora, enquanto poderia ser algo mais real como jato de nitrogênio para arrombar cofres.

    Hera Venenosa (Poison Ivy) poderia ser uma química com uma doença de pele ou metabólica cujos lábios secretam enzimas tóxicas através da saliva.

    Pinguim (Penguin) seria apenas um gorducho, baixo e careca bem cruel e com a mania de colecionar aves exóticas, visto as vezes portanto guarda-chuvas e chapéu para esconder a careca.

  10. Apolo,

    Acho que já ouvi falar dessa versão do crocodilo. É uma que o cara nasceu com um problema de pele e por isso tem aquela aparência.

    Rodrigo S. Vilaça,

    Cara, eles ate poderiam criar versões mais realistas pra esses vilões que você citou, mas aí eles ficariam muito descaracterizados e perderiam a graça.

  11. Agora sei qualquer o problema do Apolo: ele gosta dos filmes do Joel “Sapateiro”.
    Eu não acho que cinema é cinema e quadrinho e quadrinho, as duas mídias se entrelaçam como em 300, Marcas da Violência, corpo fechado, etc.
    O que me incomoda são as livres interpretações regidas pelo mercado. Os caras fazem pesquisas de mercado, olham a tendência no cinema para filmes de quadrinhos e depois adaptam de uma forma que eles “acham” que vai ficar melhor, sem consultar o autor do material e o diretor.
    Quanto ao Batman, na segunda metade da década de 90 já se sabia que o uniforme que ele vestia não ERA DE PANO, mas sim de Kevlar e depois mudou para uma armadura inteligente da várias camadas em forma de tecido, vide o jogo Batman Asilo Arkhan e a animação Batman e o Capuz Vermelho. Acusar os quadrinhos, como o do Batman, de serem totalmente fantasiosos hoje em dia é no mínimo mal caratismo, já que as tecnologias usadas pelos quadrinhos são totalmente possíveis e inclusive influenciam seu uso como exoesqueleto, campo de força, invisibilidade e outras. Coisas vindas da ficção científica e amplamente usada pelas HQs.
    Aí é que eu acho que a falta de conhecimento e respeito ao material original (os quadrinhos no caso) é prejudicial; e nós contribuímos com isto opinando sem conhecer com profundidade o personagem e as questões que ele nos deixa.
    Bruce Wayne enfrenta o crime com um uniforme e habilidades humanas e só, e ele conserva isto da melhor forma possível, evitando ao máximo o uso de armaduras e armas que pesem e atrapalham o uso de suas habilidades.
    Se deixarem o Bruce sem a roupa inteligente e só com uma faca na mão ele continuaria sendo extramente perigoso.

  12. @Deus Vermelho
    Eu não gosto dos filmes do Joel Schumacher, disse que não tenho nada contra eles… talvez, a interpretação ser regida pelo mercado, como você disse. E sinceramente não acho que tenho um problema.

    Acho 300 e Sin City uma grande porcaria, mas a maioria das coisas que o Frank Miller fez é uma grande porcaria, então não vejo porque os filmes baseados seriam diferentes.

    Outra coisa, “Akira”, por exemplo, tem um propósito, tem uma idéia, tem uma mensagem. E é uma obra só. É possível um filme bom numa interpretação livre? É bem difícil, mas tudo é possível.

    Só que pelos caminhos que estão tomando, sabemos que vai vir uma bomba…

    Batman é bem diferente: não possui uma história fechada. Trata-se de um personagem antigo que já foi recontado de diferentes formas muitas e muitas vezes, e várias delas de forma brilhante. Deixa rolar.

  13. Não, com relação ao Batman do Nolan…beleza, é uma ótima interpretação a meu ver!
    O Meu problema é com as interpretações que não levam em consideração o núcleo duro do personagem, a sua essência já definida, pois por mais que batman seja antigo e reinventado várias vezes, a sua essência sempre prevaleceu, pelo menos nos quadrinhos (existem algumas exceções).
    Quando os produtores de Hollywood realizam filmes que descaracterizam o personagem, a coisa transforma-se em algo errado. Daí é que aparece um Dragon Ball Evolution e Um filme tosco do Dylan Dog da vida.

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: