32 Comentários

100Grana Especial G.I.Joe: As Origens

Figura1 topo

Conheça a história dos brinquedos responsáveis pela existência do termo “figuras de ação”.

Nossa história começa no ano de 1964 com um lançamento muito especial da empresa Hasbro Toys, que acabou por ser  um divisor de águas no modo de se fazer brinquedos, para os pequenos marmanjos.

Um ano antes, constatando o sucesso comercial da boneca Barbie para meninas, o criador de brinquedos e agente de licenciamentos  Stan Weston conseguiu os direitos de uma série de TV americana chamada The Lieutenant. Ele apresentou o show para Don Levine, o diretor criativo de fabricante de brinquedos Hasbro, e explicou o potencial  de uma linha de bonecas Barbie com um tema militar, voltado para os meninos.

Stan Weston (em pé, o segundo da esquerda para a direita),  homem por trás dos soldados, no bom sentido!

Stan Weston (em pé, o segundo da esquerda para a direita), homem por trás dos soldados, no bom sentido!

Depois de visitar uma loja em  Nova York e ver uma  grande variedade de bonecos de porcelana vestido com roupas napoleônicas,  Weston e  Levine se animaram ainda mais para essa idéia. Os protótipos foram  chamados de  “Rocky” (soldado do exército), “Skip” (o marinheiro), e “Ace” (o piloto), e inspirados pelo filme de 1945,  The Story of GI Joe, de onde surgiu o termo “G. I. Joe.”

gi-joe-adventure-team

A sigla “G.I.” é bem antiga  na verdade, e faz referência à propriedade do governo (G.I.= Government Issue). Então, em 2 de Fevereiro de 1964, a linha foi lançada, com o tema de  2ª Guerra Mundial. Foi um sucesso estrondoso, que durou até 1978, quando por aparentes motivos de custos de produção, a linha foi cancelada.

Marine_dress_GI_Joe

Mas em 1982,  a Hasbro relançou a série, com várias mudanças. A primeira delas, remetendo à questão de custo de produção, foi a de mudar o tamanho dos bonecos para a escala de 3/4 de polegadas (algo em torno de 10 cm). Além disso, estes novos bonecos vinham  com várias articulações pelo corpo e vários acessórios. Outra mudança foi o conceito da coleção G.I. Joe (agora rebatizado de G.I. Joe – A Real American Hero), o nome passou a definir toda uma equipe de elite dos EUA, liderada pelo General Hawk, contra as forças do Comandante Cobra e sua oganização, composta pelos mais variados personagens.

d5b77db4-9e5d-4f94-887f-a6d6a5822f26

Era uma coleção excelente, com talvez um único defeito: era impossível num determinado momento os polegares das figuras não se quebrarem ao tentarmos colocar as armas nas mãos dos Joes ou Cobras.

2breaker

Além disso, outra inovação da coleção foi a de explorar mais o conceito de individualismo e personalidade de cada personagem, adicionando na parte de trás de cada embalagem uma ficha com o nome, nome de código, primeira e segunda especialidade, local de nascimento, graduação, histórico e um citação de cada personagem.

breaker

É também da coleção G.I. Joe- A Real American Hero o feito histórico, de lançar durante 12 anos, até 1994, figuras inéditas, num total que chegou a marca de mais de 500 figuras e mais de 250 veículos e playsets. E mesmo com o fim de figuras originais em 94,  a Hasbro continuou lançando diversas figuras para colecionadores e itens similares, sendo que o único ano que consta sem nenhuma lançamento é 1999.

Em 2001, a Hasbro decidiu relançar sua linha com uma nova roupagem chamada G.I.Joe Vs. Cobra, modificando radicalmente a estrutura do corpo dos bonecos, substituindo a borracha interna por uma cintura fixa, e fazendo os bonecos com material mais resistente. Era o fim dos polegares quebráveis. Mas a série não agradou muito os saudosistas dos clássicos, e a Hasbro acabou retomando o design clássico, mas mantendo o novo material. Em 2007, em comemoração aos 25 anos de lançamento, a Hasbro relançou uma linha especial de vários modelos antigos, repaginados e mais bem acabados. Essa série foi super bem recebida pelos fãs e colecionadores. Essa coleção já está à venda por aqui.

No Brasil

A linha original dos G.I.Joes chegou ao Brasil representada por um boneco que virou referência de brinquedos aqui no país: O Falcon.

falcon_logo_01

Originalmente chamado de Lt. Falcon nos EUA,  a linha foi  lançada pela Estrela em 1978. Apesar do enfoque aventureiro, a série tinha clara influência militar dos Joes lançados durante a guerra do Vietnã. Os primeiros modelos eram dois, o moreno sem barba (Contra Ataque) e o moreno com barba (Ação Camuflada).

Fotos extraídas do site "LoucoporBonecos.com"

Fotos extraídas do site "LoucoporBonecos.com"

Os temas das aventuras eram diversos, mas ao invés do Falcon ser um soldado e necessariamente ter que lutar com um oponente, ele lutava contra a natureza. Enfrentava tubarões, aranhas gigantes, polvos e gorilas ferozes em suas explorações, como é abordado hoje o personagem Max Steel. Além disso, Falcon era também  agente secreto, desafiava a morte com os conjuntos Salto Fántástico ou Avanço em Alta Voltagem.

falcon_e_roboy001

Na segunda série do boneco, foi introduzido o mecanismo olhos-de-águia, que possibilitava ao boneco, mover os olhos pra os dois lados. Suceso estrondoso entre os mais sudosistas até hoje. Nos anos 80, o personagem entrou numa fase futurista, que por sinal foi a de maior duração e produziu personagens únicos em todo o mundo.

Nessa série, os conceitos de  super herói ficaram mais evidentes, com os personagens e histórias mais próximas do universo como os de Buck Rogers, Flash Gordon, Darth Vader, entre outros. Foi nessa fase também que surgiram novos personagens, como o vilão Torak, que tinha um raio laser no peito, e Condor, o amigo cybernético do Falcon. Logo apareceriam também Falcon & Roboy,  Laserman, Triton, e mais dois Falcons futuristas, um deles com uma arma que acendia de verdade.

condornacaixa002

Só que antes que eles fossem lançados a coleção acabou em1984. Possivelmente por causa da concorrência de outras coleções que chegavam às prateleiras como Guerra nas Estrelas, Super Powers, Guerras Secretas e He-Man. Além é claro, da coleção que, assim como Falcon, estava ligada ao universo Joe e foi também cortesia da Estrela: Comandos em Ação.

Evolução das logomarcas, extraído do YojoeBrazil

Evolução das logomarcas, extraído do YojoeBrazil

A Estrela por sinal, foi uma das primeiras companhias internacionais a obter os moldes e criar suas próprias figuras. Um bom exemplo disso foi o Cobra de Aço, que até citei no nosso Videocast sobre o filme. O logotipo da coleção  remetia ao Falcon e o inesquecível slogan “Os colecionadores de aventura” garantiram o sucesso imediato. A seguir, você confere as versões diferentes da logomarca no Brasil, no período da Estrela. Falando em números, foram 11 anos de lançamentos, com um total de 124 bonecos, sendo 37 exclusivos da produção nacional, e cinco jamais lançados nas lojas.

Entre os itens mais lembrados pelos fãs, temos a fortaleza dos Comandos, sonho de consumo de muito guri naquela época (incluindo eu);

qg 1

As Forças Naja e Tigre, que vinha com duas bisnagas de cores diferentes para você passar no rosto como camuflagem;

1989_catalogo_NF_02

A Força 2000, cujos veículos possuíam partes removíveis que, quando unidas, transformavam-se numa base dos Comandos.

q 2000

A Força Eletrônica, com mochilas que emitiam sons de tiro e lasers. Depois, apareceram  versões com falas (“G.I.Joe, atacar!!” ou “Cobras, destruam!!”).

força eletronica

A série Patrulha do Ar, com pára-quedas que abriam de verdade nas costas dos bonecos.

A coleção acabou de fato em 1995. Mas quem ficou na saudade teve uma grata surpresa em 2002, quando os JOES voltaram às prateleiras aqui no Brasil, mas importados pela Gulliver.

cc

Mas como eles foram importados, por uma obrigação contratual com a Hasbro, eles estavam fora dos planos, não tiveram divulgação e logisticamente foram distribuídos apenas aos grandes centros comerciais (aqui em Belém, felizmente, chegou a vender), mas  devido ao grande fracasso de vendas a Gulliver decidiu cancelar a série G.I. JOE em 2003. Dessa linha, consegui comprar Duke, Comandante Cobra, Snake Eyes, Storm Shadow, Sure Fire, Big Ben, Mirage e o Heavy Duty com o jipe Brawler.

No ano passado, a Estrela lançou a coleção Novos Comandos em Ação, mas quem achava que veria um novo lançamento da clássica série, se decepcionou ao perceber que a série usava apenas o nome registrado nos anos 80 pela empresa. A nova coleção era importada do Oriente e nada tinha a ver com os Joes antigos.

noc

21384021_4

Mas para surpresa dos  fãs e colecionadores neste ano, além da linha baseada no filme, chegam também às prateleiras das lojas a linha comemorativa de 25 anos da série, que saiu em 2007 e relançada agora. Estou fazendo das tripas coração para comprar alguns, mas ainda não tive sucesso. Mas comprarei pelo menos um ou dois, já que minha prioridade é a linha do filme.

Mas foi bom relembrar, não foi, lisos? Bons tempos em que uma coleção de brinquedos cativava a gente assim.  Coisa rara de acontecer com a criançada hoje em dia. Só para os saudiosistas de plantão, como eu, duas fotos que me deixaram bem nostálgico:

falcon02

novos_comandos

“Ação com você no Comando!!”

Mas continue acompanhando nosso especial G.I.Joe aqui no 100Grana.

100Grana Especial G.I.Joe: Bonecos que ganham vida

100Grana Especial G.I.Joe: Soldados na TV

100Grana Especial G.I.Joe: Relembrando os SOS Comandos

32 comentários em “100Grana Especial G.I.Joe: As Origens

  1. Revivi minah infancia com esse post

    lembro com saudade dos comandos en ação 😦

    Nunca tive o helicoptero da força tigre )

    exelente post estou no aquardo de mas imformações

  2. Ahhh me deu saudade do tempo que eu era criança Ç.Ç
    Nostalgia pura, eu sempre quis ter a ‘fortaleza dos Comandos’.

  3. Gostei da reportagem, na época eu sonhava em ter os aviões dos Joes e dos Cobras, mas como viviamos na época do Cruzado, do plano Bresser,etc… da mesma forma que Transformers, GI Joe os brinquedos sairam antes do desenhos, que por sinal foram os maravilhosos presentes da Globo ao telespectador infanto-juvenil, uma pena que a mesma não os exibiu na integra …O triste foi o rompimento de longa data da parceria Hasbro/Estrela, no que resultou na descontinuidade das franquias (GI Joe, Transformers,Barbie, He-Man,etc) no Brasil

  4. como na minha infância não pude ter todos os comandos, agora que virei marmanjo to colecionando essa série 25 anos, já tenho mais de 30 personagens

  5. Como os tempos mudaram, não é mesmo?

    A chamada “era digital” tomou conta de nossas crianças de tal forma, que os tão criativos e sensacionais brinquedos, se tornaram apenas items colecionáveis para os “marmanjos” de hoje.

    Não sou do tempo do “Falcon”, mas vivi (e como vivi!), a época de sucesso dos “Comandos em Ação”. Confesso que quase chorei quando vi a foto do boneco “Força-Eltrônica” junto de sua mochilinha dourada. Aquele ali era o meu action figure favorito.

    Nas brincadeiras eu sempre era ele, e conseguia destruir um montão de guerrilheiros adversários… Hehehhehee…

    Como o tempo passa… Agora não vejo a hora de ter um filho logo (e tomara que este seja um garoto), pois assim, poderei presentea-lo com uma infinidade de bonecos e brinquedos legais. Se bem que na verdade o presente será para eu mesmo.

    Abraços e parabéns pela matéria! Sou saudosista nato como vocês!!!

  6. TOTALMENTE EXCELENTE!
    Eu tive o Falcon!

  7. Caraca eu tinha quase todos esses ai. Tinha duas naves dos Comandos uma preta e uma cinza. Tinha os carros, os tanques…

    Eu tive os paraquedistas. Tive o carro do Cobra. Tinha até esses comandos grandes com roupas de tecido. Pena que eu era uma criança destrutiva…

    Não sobrou quase nada pra contar a história. E o que sobrou minha mãe deu para meus primos mais novos…

  8. Buenas, bahhhhhhhh muito bom relembrar a infancia lembro q eu era fissurado pelos comando em ação, toda hora eu comprava alguma coisa, tinha as bases, avioes de ambos os lados, bahhhhhhhhhhh muita guerra eu fiz em toda a casa era uma loucura agradavel, pois eramos de fato crianças. Hoje as crianças tem q ver uma programação de TV podre. Bahhhhhhhh sinto pena das crianças de hj, por isso q falo tenho orgulho de ter a minha idade. Gracias por relembrar os melhores momentos das nossas vidas. ANOS 80

  9. Indiscutível! Comandos em ação foi um marco da geração anos 80. Realmente, acho que é unanimidade o desejo de todos por uma fortaleza daquelas, mas poder comprar tudo podia fazer um pai falir, hehehe…

    Espero que o filme esteja a altura da série.

  10. Achei a matéria sensacional. Meu irmão e eu tivemos Falcons e guardo até hoje a cabeça do meu “loiro com barba”.

    Só uma dúvida: que me lembre, a primeira série foi do “moreno com e sem barba”, no ano seguinte saiu a do “loiro com barba” e só no terceiro ano surgiram os “olhos de águia”, desta vez com o lançamento do ruivo.

    Abraço!

  11. CAra, eu tenho os catálogos originais da estrela ainda, dos anos 70, 80 e 90… estou pra restaurá-los, alguns até escaneei somente a aprte dos Comandos em Ação, e ainda possuo alguns veículos e bonecos da época! heheh muito bom! ^^”

  12. Ai ai…como era bom ser criança nos anos 80…e eu nasci em 1980, pensem bem, EU NASCI EM 1980, brinquei com tudo nessa época, inclusive claro os Comandos em Ação, era tão empolgante ir na LOBRÁS ou Lojas Americanas (aquela da praça que ainda tá lá, só que era dois pavimentos e tinha uma big lanchonete em cima) ou YAMADA matriz, que ainda existe também, pedia pra mãe…aliás, IMPLORAVA, pra comprar um comando. Sem sacanagem, nessa brincadeira toda eu tenho quase uns 50 comandos, fora os que quebraram nas brincadeiras (que foram poucos, tirando os dos polegares quebrados).
    ÉGUA, eu até hj quero esse quartel general dos comandos 😐
    E detalhe, a força tigreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee, caralhoooooooooooo, eu tenho esse boneco 😀

  13. ESTOU SEM PALAVRAS. Maravilhosa matéria sobre esses bonecos que tanto cativaram e exercitavam o imaginário de nossas infâncias. Li de forma emocionada e cheguei a dar velhos sorrisos infantis e olhos brilhantes ao ver bonecos e encartes dessa maravilhosa coleção. Parabéns.

  14. \o/ e viva os polegares quebrados!!!
    xD

    eu tinha tantos desses… poxa… pena que não consegui guardar nenhunzinho… >_<

    me lembro q tinha uma nave enorme ( era enorme pra mim…)
    muito massa ela virava uns 3 veiculos se tu separasse e tals…

    tbm pintei a cara com a camuflagem que veio com eles… (pintava até os bonecos) xP

  15. O filme é bacana…muita ação, duas gostosas, dois ninjas fodas,um palhaço..é..ta bom para uma sexta a tarde!!

  16. Não desmerecendo as franquias atuais como PR,KR:DK, Ben 10,etc. até a metade dos anos 90 tinhamos uma programação de qualidade, mas tinhamos desenhos de 1ª linha como o SpiderMan, X-Men (produzidos pela Fox/Saban), Batman:Animated,Batman:Beyond,etc., …os desenhos e séries de hoje não tem o mesmo carisma dos clássicos como GI Joe, Transformers, ThunderCats, Silver Hawks, GoBots, Galaxy Rangers, Space Ghost,Johnny Quest, Herculoides,Knight Rider (A Super Máquina), Sherife Lobo, Automan, Trovão Azul, AirWolf (Aguia de Fogo), Jaspion, Changeman, Flashman,KR:Black,Jiban,Jiraya,etc…Como já disseram eramos felizes e não sabiamos…

  17. Achei perfeita a reportagem.
    E achei o filme bacana mesmo, tem suas limitações, mas é lindo visualmente

  18. Cara, bom demais esse post, foi como voltar no tempo, deu pra reviver um pouco da infancia já.
    Bom demais mesmo, esses bonecos inspiraram minha carreira militar cara.
    Grand abraço a todos.

  19. Post genial, pessoal…Linkei lá no Ueba, acho que funcionou 🙂

    Eu amava os bonecos….Esse Cobra Android teve um problema pq o pino que encaixava as armas caiu, aí colei a mão dele com superbond, a panacéia dos bonecos…

  20. Muita nostalgia senti quando vc lembrou dos polegares que sempre quebravam, putz, todos os meus tinha os polegares quebrados.

  21. Uma pergunta que não quer calar: onde foi parar o meu Falcon? Estranho como nunca sabemos que fim certos brinquedos tiveram…

  22. lol …. eu tenho a fortaleza guardada em casa … ate hj … ta la embaladinha brinquei muito quando era criança

  23. […] G.I.Joe – as origens (uia, lembra do […]

  24. Muito bacana o POST, realmente dá saudades sim, eu cheguei a ter alguns bonecos do Comandos em Ação, não muitos, mas tive o privilégio de ser dessa epóca e ter alguns. Hoje tenho 24 anos e me lembro como se fosse ontem, realmente os brinquedos bons e verdadeiramente legais acabaram, a tecnologia entrou no lugar da verdadeira felicidade e criatividade, hoje a criançada quer é MSN, NOTEBOOK, CELULAR COM CÂMERA E MP3, PLAY STATION 2 E 3, iPOD, etc. Mas ta bom, eu fui feliz, falow…

  25. Excelente reportagem! Uma das melhores reportagens estilo “retrô” que eu já li! Parabéns!
    Confesso que quase chorei! rsrs
    Só faltou colocar a nave Gemini!

  26. Não sei se vcs jah viram, mas no patio belem naquela loja de brinquedos no segundo piso ta vendendo os g.i. joes versão americana a 39 reais se nao me engano, soh que não tinham mtas variações de bonecos, soh vi 2 quase eu compro! ehehhehhee

  27. nao e esse G.I.JOE que eu astava procurando sim o da TV 24/09/2009

  28. Olá pessoal,
    Assim como vcs eu tbm amo Comandos em Ação. Sou colecionador e a pouco tempo atrás comprei meu Quartel General na caixa, novinho!!!
    Quem tiver bonecos ou veículos e queira vendê-los, entre em contato comigo. Não faça doação de seus brinquedos. Deixe eles na mão de um colecionador sério e ao mesmo tempo dá pra arrumar um cascalho. rs
    Meu email: mmonteiro80@gmail.com

    Abçs
    Marcelo

  29. Caracas!!!! viajei agora, eu sempre bricnava com o falcon do meu primo chato! pois nao tinha condições pra ter a coleção, depois vieram os GIJOE cara!! ai sim tive a grnade maioria, os muleques da rua competiam quem tinah o maior numerod e bonecos! muitas saudades daqueles tempos, onde aluno nao bati em professor e nem levava revolver pra dentro de sala

  30. POSSUO O quartel general os comandos em ação, gostaria de trocar por um TURBOCOPTERO DOS COMANDOS EM AÇÃO, caso alguem queira estou a disposição para troca, TAMBEM POSSO TROCAR O MEU QUARTEL POR ALGUM VEICULO DOS COMANDOS, DESDE QUE SEJE DA ALTURA, mas o que procuro mmesmo é o turbocoptero, entre em contato comigo pelo email.

  31. troco meu quartel general dos comandos por veiculo dos gijoe , de preferencia pelo avião hercules dos gijoe, mesmo que faltando peça…o meu quartel general esta novissimo

  32. Eu quase derramei uma lagrima ao ler esta materia..|Eu lembrei do meu pai, comprando pra mim e pro meu irmao varios destes bonequinhos e seus carros de combate…meu pai ja é falecido….ele nunca negou pra nos esses bonequinhos….ele gostava de ver o desenho dos comandos com a gente….

Comenta, liso! É grátis.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: